sábado, 4 de julho de 2015

68★ Flag - EMIRADOS ÁRABES UNIDOS




Os sheikes dos Emirados Árabes descobriram o blog #superlinda. Ôpa!!!! "é prá que eu vou..."

É de Abu Dhabi, a capital e a cidade mais rica dos Emirados Árabes Unidos, que o blog #superlinda recebe a sua 68★ Flag.

Conhecida como “água do deserto” Abu Dhabi se desenvolveu rodeada pelo luxo, sem perder a essência da cultura árabe. Oferece a visão mais tradicional do mundo muçulmano no Golfo Pérsico.

Heritage Village, é uma das atrações turísticas em Abu Dhabi. Trata-se de uma réplica de uma vila que mostra a vida da população antes da era do petróleo, com casas antigas fazer passeios de camelo.
O imponente Emirates Palace é a residência oficial do Sheik de Abu Dhabi e também um luxuoso hotel (Crédito: Thinkstock)

A Capital Gate Tower inclina-se em um ângulo de 18 graus, quatro vezes do que a famosa Torre de Pisa (Crédito: Thinkstock)

A mesquita Sheikh Zayed, revestida com mármore branco, abriga o maior tapete persa do mundo feito à mão (Crédito: Thinkstock)

Apesar da modernidade, os habitantes de Abu Dhabi ainda preservam costumes antigos, como a falcoaria (Crédito: Thinkstock)

Descrição detalhada das fotos para acesso do deficiente visual (para saber mais clique aqui) As fotos indicadaa na legenda foram tiradas do Google.

sexta-feira, 3 de julho de 2015

O Dia da Beleza

Fim de semana.
Dia de ficar #superlinda. Mas para isso há todo um processo #superfeia.
Cabelo escovado e vamos fazer logo a fotinho, porque mais rápido do que se imagina, ele estará tão sem ondas como se tivesse feito chapinha. 
Neste formato não é difícil encontrar quem goste de se mostrar nas redes sociais.


Forte mesmo é postar assim.
#vamola
#personalidade
#superlinda
Técnica usada Creativeblond
Brincadeira, graça e bom humor no Leila & Gisele com Regina, Bruno e Jéssica.

quinta-feira, 2 de julho de 2015

Passeio Pela Região Rural de Joinville SC




A Estrada Bonita, em Joinville SC, faz jus ao nome. Está é uma frase que tornou-se quase que obrigatória quando nos referimos à ela.
Zona Rural explorada pelo turismo, localizada às margens da BR 101, de acesso fácil e todo asfaltado. Conta com pousadas e restaurantes de comida típica alemã em toda a sua extensão.
Recanto e encanto para lazer, tais como pescaria, trilhas, riachos ou simplesmente apreciar a bela paisagem.

Tão bonita quanto a Estrada Bonita é o passeio pela Serra Dona Francisca. 
Área de Proteção ambiental, situa-se na bio-região dos mananciais de Joinville formada pela bacia hidrográfica do Rio Piraí e duas das três microbacias que formam a bacia do Rio Cubatão, a do rio Cubatão e a do Rio da Prata.
O acesso pela conhecida localidade do Rio da Prata, a Serra Dona Francisca na SC 418, liga Joinville ao Munícipio de Campo Alegre.
A parada no mirante é obrigatória. Não dá para dispensar uma selfie. 

Faço este post para registrar a visita de meu grande e muito especial amigo WaldirJr. Agradecerei sempre a tua presença ao meu lado neste dia. 


quarta-feira, 1 de julho de 2015

Os Haitianos no Brasil




imigração haitiana no Brasil é um fenômeno que ganhou grande dimensão após o terremoto que abalou o Haiti em 12 de janeiro de 2010 provocando a morte de mais de 300 mil pessoas.

A opinião que sempre tive sobre os haitianos que migram para o Brasil, encontrei respaldo nesta reportagem da Folha de SPaulo.

A presença deles assusta a todos nós brasileiros. Preconceituosamente achamos que eles vieram para nos roubar. Roubar nossos empregos é o mínimo que pensamos deles.

Brasileiros, não se iludam. Os haitianos que vêm para cá são educados, trabalhadores e principalmente politizados. Sabem o que vão encontrar e as suas garantias como estrangeiros.
Enxergam o Brasil, assim como os brasileiros enxergam os EUA. Uma terra promissora para as suas ambições. 

Diferente dos brasileiros que no estado americano se submetem a viver clandestinamente, aqui quando eles chegam dirigem-se aos orgãos competentes para garantir o exílio. 

Em janeiro, notei um sotaque diferente num "carinha" que me serviu isca de peixe e caipirinha na beira da praia e perguntei-lhe:

_ Você está falando meio espanhol meio português comigo porque pensa que sou argentina?_essa é uma época de muitos argentinos nas nossas praias.

Para minha surpresa, ele educadamente respondeu:

_Não. Sou haitiano.

No Posto de Gasolina, ao ouvir a voz com sotaque estranho do frentista, desta não errei e perguntei:

_Você é haitiano? 

Confirmada a procedência, ele disse chamar-se Assilim. Está há dois anos no Brasil. Veio com a mulher e deixou dois filhos no Haiti. Dois filhos com mulheres diferentes que ficaram com as mães.

A mesma educação, uma fala mansa, não fez cerimônia na hora de posar para a selfie.
Simpatia num belo rosto que não esconde uma certa tristeza no seu olhar.

#shellnosuperlinda

Descrição detalhada das fotos para acesso do deficiente visual (para saber mais clique aqui) Foto selfie com o haitiano Assilim usando uniforme de frentista do Posto de Gasolina da Shell.

domingo, 28 de junho de 2015

Os Encantamentos do Velho Pequeno Príncipe



              Para este post escrito especialmente para a Página Poética Mhario Lincoln li mais uma vez o Livro "O Pequeno Príncipe" do escritor francês Antoine de Saint-Exupéry.
         Publicado em 1943 é preconceituosamente chamado de o livro das misses e numa segunda classificação, um pouco mais amena, um livro infantil. Narra a história do Pequeno Príncipe, herói de uma fábula que sonhava voar. 
         O conteúdo é cheio de simbolismo, que criança alguma ou adolescente é capaz de alcançar, penso eu. 

        Um livro que muitos dos que se dizem "fortes" se negam a ler. Computam como ridículo. Hoje não tenho a menor dúvida de que o motivo da negação é por tantas verdades que ele traduz. 

"Quando encontrava uma" (pessoa grande) "que me parecia pouco esclarecida, fazia a experiência do meu desenho número 1, que sempre conservei comigo. Eu queria saber se ela era na verdade uma pessoa inteligente. Mas a resposta era sempre a mesma: "É um chapéu". Então eu não falava de jibóias, nem de florestas virgens, nem de estrelas. Colocava-me no seu nível. Falava de bridge, de golfe, de política, de gravatas. E a pessoa grande ficava encantada de conhecer um homem tão razoável".

                Está é a moral de quem não sabe viver uma vida de pé no chão, mas com encantamento. Se dizer leitor de Aristóteles, Nietzsche, Kant é que é ser culto e inteligente.

                  Certa vez, ouvi um comentário de que se você lê o Pequeno Príncipe em diferentes fases da sua vida, a cada leitura você fará uma interpretação diferente. Em especial hoje tive a real noção sobre o entendimento deste conceito. Tantas vezes que já li, senão por completo, mas trechos ou frases soltas, desta vez, nada me chamou mais atenção, do que as referências que o livro faz a um avião. 

"_Que coisa é aquela?
_Não é uma coisa. Aquilo voa. É um avião. O meu avião.
...
_Como? Tu caíste do céu?
_Sim_respondi humildemente.
...
_Então tu...vens do céu?..."

Literalmente hoje, meus pensamento andam num avião pelo céu Azul.
Dentre todas a frases citadas como relevantes do livro eu destaco "Se tu vens, por exemplo, às quatro da tarde, desde as três eu começarei a ser feliz."

         Sem dizer que muitas vezes eu já começo a ficar feliz muitos dias antes.Ahh!!!! esse pequeno príncipe de 72 anos faz meu coração remoçar a cada dia. 

Tenho os pés muito no chão, mas não abro mão de viver sem encantamento.

Descrição detalhada das fotos para acesso do deficiente visual 
(para saber mais clique aqui) - 1 Montagem de três fotos com as imagens do livro. A cobra enrolada na raposa, o desenho da cobra parecendo o "chapéu" e a cobra com um elefante dentro de si. 2 -a Ilustração da página do diálogo sobre o avião.

sábado, 27 de junho de 2015

"NUNCA MAIS VOU FAZER VOCÊ SOFRER NA VIDA"




Quando ouviu essa frase ela se encheu de alegria, para três dias depois ele mais uma vez lhe dizer: "Vou embora e nunca mais vou te procurar." 

E por isso ela chorou aos prantos durante muitas semanas.

_Chorou apaixonadamente como é o único sentimento que tem em seu coração.

_Chorou sem pressa de parar.

_Chorou por tudo, de tudo, com tudo.

_Chorou com a intenção de simplesmente chorar.

_Chorou para sempre.

Chorou até sentir sair de dentro de si uma única atitude possível.

Hoje é 27 de junho de 2015. O dia certo, escolhido não por acaso, para  dizer que: 

NUNCA MAIS NA MINHA EU VOU DEIXAR VOCÊ ME FAZER SOFRER.

Inverter o pensamento tornou-se a minha especialidade.

Um sentimento de vitória? Não.
Nada ganhei, mas você perdeu.


Nota: Não gosto de Nietzsche_depressivo demais_, mas posso dizer que ele me inspira de uma certa forma. Ele diz tudo o que eu não quero sentir ou ser.


quarta-feira, 24 de junho de 2015

Coisas Que Você Só Lê No Twitter


@Julylsantos: Sabe por que os assentos dos ônibus são estampados? Porque assim fica mais difícil do usuário notar como estão sujos. http://t.co/o0HH7Fd5X5

@TWICHISTE: Todos tenemos un amigo que cuando nos juntamos somos un peligro para la sociedad.

@Tom_brz: 30 anos para fazer uma reforma política e o VOTO CONTINUA SENDO OBRIGATÓRIO  é mole essa democracia 1/2 boca?

@VoceNaoSabiaQ: Um estudo feito pela Universidade de Columbia concluiu que Crocs são sapatos/sandálias para pessoas que já desistiram da vida.


@1DoseDeFrases_: melhor coisa é quando vc fala com a pessoa no whatsapp e o símbolo ja fica azul provando que ela já tava com a sua janela aberta esperando
@DecaRGarcia: Da minha amiga Ivana: "Deca, cuidado com esses haitianos, eles querem se casar" kkkkkkkkkk
@AmorProhibid0: Si una mujer te da una segunda oportunidad y no la aprovechas... no sé, mátate.