terça-feira, 31 de julho de 2012

Contando a Viagem Na Academia




Aconteceu de verdade.

Duas mulheres conversando ao meu lado na esteira.
A:  Só vim dar um oizinho... tenho só dois minutos para sair e ir embora... (e pendurou-se na esteira ao lado da amiga).
B:  Tudo bem...rsrs.. voce está sempre às pressas...
A:  Como foi a viagem, a "fulana" disse que viu suas fotos no FB
B:  Estava bom, mas nos perdermos em tal lugar,  meu filho foi com namorada que não queria fazer muita coisa ...
A:....isso é bom para a gente conhecer como as pessoas são...
B:  Em tal lugar foi horrível, eles não entendiam nada do que a gente falava....depois fomos para a cidade de .....e só chovia. Foi tudo muito corrido, cansa muito...
A:  É amiga....não é fácil......

E trinta minutos depois quando acabei meu treino, saí e elas ainda estavam conversando, uma ouvindo as "mazelas" da viagem da  outra.
E eu aqui louca que me aconteça tudo isso, para poder contar  com graça, diversão e arte!




domingo, 29 de julho de 2012

Encontro de Blogueiros e o Ministro do Turismo


#Londres2012 Olimpíadas.

Os Jogos Olímpicos de Londres tornaram-se marcantes para o turismo brasileiro e para as Olimpíadas a se realizarem no Brasil.
A Presidente Dilma esteve lá, junto com alguns de seus Ministros para ver, ouvir, divulgar e principalmente, penso eu, obter informações de como se faz uma Olimpíada.
Através do twitter acompanhei "on-line" o encontro em Londres, de blogueiros de turismo e viagem, com o Ministro do Turismo, para debaterem o assunto.
Dia importante para os blogueiros, que estão se tornando e sendo reconhecidos como um novo elemento importante de atuação e divulgação do turismo.
Logo de início, a empolgação pela frase do dia twittada e retwittada, deu-me o tom da reunião. "Londres ta calor que nem Sao Luis do Maranhão!" - Gastão Vieira, Ministro do Turismo do Brasil @MTurismo. "
Continuando com: "Eu acredito na importância dos blogs para a promoção dos nossos destinos".
O que vejo é o governo deixando de lado as empresas oficiais no ramo de turismo, cansadas e calejadas de falar, pedir e implorar por melhorias em todos os setores do turismo e chamando para o seu lado, o mais novo canal, promissor e divulgador de turismo no Brasil, os blogueiros. Um reconhecimento de suma importância por alguém que ainda não tem voz ativa para grandes reivindicações. 
Os blogueiros por sua vez, sentindo-se reconhecidos e valorizados, aproveitam-se, com inteligência, do atual momento olímpico, de olho na hora em que este momento se repetirá no Brasil. 
A conclusão de que há muito o que fazer, pelo turismo, é coisa sabida desde os tempos de outrora e não só pelas Olimpíadas que acontecerão no Brasil. Ir à Londres neste período dos jogos, para discutir esse assunto é muito mais interesse político do que buscar melhorias para o nosso turismo.
As declarações que foram publicadas demonstram a precariedade e o amadorismo do planejamento do turismo no Brasil, se é que ele existe.
O Ministro Gastão Vieira disse: "Queremos colocar o turismo na pauta econômica brasileira, mas é preciso dar um passo de cada vez".
_Senhor Ministro, com todo o respeito, e o senhor sabe melhor do que eu que: Não há mais tempo para isso. Muito menos para fazê-lo "um passo de cada vez". O turismo traz, comprovadamente , recursos e divisas para a economia de qualquer país e o senhor diz que o Brasil, às vésperas de uma Olimpíada e  Copa do Mundo, ainda está na fase da intenção em colocar o assunto em pauta?
Infra-estrutura, saneamento, estradas, nós precisamos para vivermos, com turismo ou sem turismo. Neste caso, então deveria ser dito que só quando tivermos toda esta estrutura, é que vamos pensar em turismo, Olimpíada e Copa do Mundo.
Em certo momento, interferi perguntando para as blogueiras se não estavam achando o Ministro cheio de frases prontas e @HeloRighetto, presente no encontro respondeu "Sinceramente, não". Prontamente aceitei, afinal eu não estava lá, ouvindo todo o conteúdo da conversa.
O encontro se encerrou e nada mais foi dito. Entendo que não houve nada além disso.
Vago, pouco prático e de concreto, nada. 


Abaixo "copiei e colei" da timeline os post para que cada um tire a sua conclusão.

A frase do dia: "Londres ta calor que nem Sao Luis do Maranhão!" - Gastão Vieira, Ministro do Turismo do Brasil @MTurismo. "
Temos que fazer então os brasileiros viajarem pelo Brasil!
Segundo o Ministro, cada brasileiro gasta em média 5 mil dólares quando viaja para o exterior
Nerdsviajantes
Uau RT @DriMiller: A frase do dia: "Londres ta calor que nem Sao Luis do Maranhão!" - Gastão Vieira, Ministro do Turismo do Brasil @MTurismo. 
Nós também! \o/ RT @MTurismo: "Eu acredito na importância dos blogs para a promoção dos nossos destinos", min Gastão Vieira. #
Ministério do Turismo
"Eu acredito na importância dos blogs para a promoção dos nossos destinos", min Gastão Vieira. #BlogueirosMTur
RT AdrianaMuller
Aprendizdeviajante
Perguntei pro Ministro sobre a questão do preço: estão rolando algumas iniciativas pra baixar preços de diárias e passagens
Ele reconhece o problema, e tem trabalhado com hoteis e companias aéreas....
RT @MTurismo: "Quem viaja leva consigo uma expectativa de emoção muito forte", min. Gastão Vieira. #BlogueirosMTur #AgendaMtur. 
....reduzindo custos desonerando folha de pagamento e contas de energia elétrica, por exemplo
A ideia do @MTurismo é tentar fazer que hoteis reduzam suas diarias por terem custos de suas operações reduzidos
Importante esse encontro inédito com @MTurismo. No @fitcataratas e @EIBTUR ele reconheceu a importância dos blogueiros para o país.   
AdrianaMuller
O ministro tem falado bastante sobre os investimentos de infra-estrutura pela Brasil q vai além do obvio: saneamento, estradas etc @Mturismo
Ministro
"Queremos colocar o turismo na pauta econômica brasileira, mas é preciso dar um passo de cada vez", min. Gastão Vieira #BlogueirosMTur
@AprendizViajant @HeloRighetto Vcs ñ estão achando o Ministro todo armado com frases prontas, não?
@rranjos @AprendizViajant honestamente, não.
@HeloRighetto @AprendizViajant  ok! Pessoalmente, assistindo e ouvindo o todo…vou reconsiderar.
Aprendizdeviajante
Terminando o encontro com o Ministro Gastão Vieira, foi produtivo e positivo!
Há muito trabalho a ser feito pra melhorar o turismo no Brasil, vamos então conversar e cobrar deles! ==> @MTurismo 
Foi muito bacana representar os blogueiros brasileiros de viagem! Esse convite é um sinal de que as coisas tendem a caminhar pra frente
AdriMuller
Uma das iniciativas d Ministério é colocar voluntários em aeroportos, postos rodoviários q sirvamos "embaixadores" e divulgadores d destinos


Destaco as perguntas pertinentes, porém sem resposta de Graziela Flor.

Nao tem nehuma mae blogueira, para falar sobre viagens com criancas pelo Brasil? #BlogueiroMTur
O que tem sido feito (na pratica) p/ mudar essa imagem do Brasil, mundo a fora, que e' de futebol, mulher/bebida e carnaval? @MTurismo
Os aeroportos sao as portas de entradas p/ os turistas. E os nossos como estao? @MTurismo






quarta-feira, 25 de julho de 2012

Problemas? Como Resolver o Seu?



Uma amiga, ao sofrer uma grande desilusão amorosa, resolveu  parar de fumar.
Ao contrário da maioria das pessoas, que diante de um problema fumaria muito mais, ela focou num objetivo mais ou tão difícil de alcançar, quanto o de superar o sofrimento pela perda de seu amor. Ela me explicou,  que era como se  precisasse vencer algo maior do que a dor  pela qual estava passando, para sentir-se curada e que lhe aumentasse a auto estima, provando o quanto  poder tinha sobre si mesma. 
Num primeiro momento, pode parecer uma atitude de auto-flagelação, no sentido de que você está mal e ainda vai fazer algo que a faça sentir-se pior. Para mim, ela foi de uma inteligência, que nem ela mesma deve ter noção ou percepção da profundidade. Parabéns!


 Se cada pessoa, diante de seus problemas, pessoais, amorosos, financeiros, perda, luto, agisse, procurando combater algum outro problema seu, teríamos bem menos doenças dentro de nós. 


Ao contrario de comer mais, fizesse exercício físico. Ao contrário de se individar, compasse menos. Ao contrário de tomar remédio para dormir, acordasse mais cedo. Ao contrário de beber, conversasse.  Ao contrário de ficar de mau humor, viajasse.  Ao contrário de deixar de comer, desenvolvesse a sua fé. _E,  muito mais...



Os problemas e dificuldades podem te levantar ou te enterrar. 
Voce escolhe.
Você que esta agora aí lendo e pensando, acrescente sua idéia nos comentários.

domingo, 22 de julho de 2012

Saca-rolhas é Para Os Fracos....



Todo lugar é lugar....
Em qualquer lugar....
A qualquer hora...
Sempre existe espaço para um bom vinho.





Mas é preciso abri-lo.... e para isso,

É necessário um saca-rolhas...
 Um parafuso e um martelo é o suficiente para quem tem criatividade!


Saborear um Tannat uruguaio, servido para acompanhar uma ovelha.
Não tem como não ser feliz!

quinta-feira, 19 de julho de 2012

Joinville - SC - Brasil

Você conhece ou reconhece este local?

Hoje pela manhã...


Beleza que pensamos só encontrar na Europa








Vista do Rio Cubatão

Estrada do Oeste

















JOINVILLE - SC

BRASIL


quarta-feira, 18 de julho de 2012

O Sol Chegou Para o Festival de Dança de Joinville



O sol chegou,  para brilhar sobre os participantes da Trigésima Edição do Festival de Dança de Joinville.
Parabéns Escola do Teatro Bolshoi, que desde a sua chegada a esta cidade, contribui de forma decisiva para o sucesso do Festival e leva o nome de Joinville ao mundo inteiro.
Parabéns maravilhosas bailarina Ana Botafogo e Cecilia Kerche , obrigada por deixarem nossos bailarinos se encantarem com suas presenças, durante todos esses anos.
E como demonstração do sentimento  das pessoas de Joinville,  quando se trata do Festival de Dança, "copiei " o post  da Léia Afonso, no Facebook.



"E começa mais um Festival de dança….lembro d uma epoca em q eu esperava enlouquecidamente pra começar logo, pra eu poder passar a tarde toda "de varde"no Centreventos, vendo umas danças, comendo chocolate com morango e vendo os gatinhos do Dança de Rua do Brasil!!!!kkkk….Depois d um tempo eu keria q começasse logo pq eu comecei a trabalhar la….o tempo bom…como me diverti e conheci pessoas fantasticas…era uma alegria ver os grupos….cidade cheia…pessoas d outros estados te reconhecendo no outro ano….entrar na balada pq tinha cracha…né…(...).
Era Muito bom!!!!
Hj levo minha filha pra ver as danças….tenho amigos q dançam….amigos q ainda trabalham neste grande evento…e tenho orgulho de ter feito parte disso!!!
Mta sorte a todos que irao participar…

Mta "Merda"p vcs galerinha !!!=**"


terça-feira, 17 de julho de 2012

Para Locomover-se à Academia

Não se trata de um novo lançamento #superhipermegapower de tênis ou roupa de tecido de alta tecnologia, para melhorar nossa performace.
Trata-se do mais antigo dos trajes para locomover se de um lugar para o outro em dias de chuva.
Quem espera pelo "Dia Sem Preguiça"  nunca fará atividade física.
Eu moro há duas quadras da academia que frequento, naturalmente sempre vou caminhando. Quando chove, se for para ir de  carro, nunca há lugar para estacionar. O guarda chuva, sempre fica no carro ou no trabalho (porque quando saímos nunca está chovendo), então encontrei essa boa opção.


A capa de chuva...claro que a melhor opção seria um belo dia sol!



domingo, 15 de julho de 2012

O Café No Mano



De tanto ouvir "vou tomar café no Mano", mandei meu recado: avisa pro Mano, que sábado vou tomar café da manhã lá na casa dele. Quando cheguei, estava tudo pronto em cima de um fogão de lenha, no centro de tudo. Sim,  no centro de uma mistura rústica de cozinha, com sala de visita e sala de jantar. Tudo arranjado ou arrumado, não sei distinguir, só sei que há um bem estar, entre as  ferramentas e peças da oficina de marcenaria, misturado às antiguidades do dono da casa, para deixar todos muito à vontade. Tão a vontade, que em determinadas horas, este espaço transforma-se em uma verdadeira lan house, me conta a Lizete, em forma de piada, tal é a quantidade de amigos dos pais e filhos,  que vão chegando e  se acomodando no  sofá,  em frente ao fogo, com a  weireless de livre acesso, mantida intencionalmente pelo Mano, para que todos  cheguem com seus laptops.


Isso tudo é um grande galpão, as margens da BR 116 em Rio Negro (PR), que já foi um restaurante com espaço para show e dança. O restaurante, como forma comercial, não existe mais, mas continua como se assim fosse, de tanta gente que sempre está lá para comer, seja de manhã, no almoço ou no jantar.


Hoje, o lugar, abriga a marcenaria ( o Mano é um grande marceneiro).  Não importa tudo o que já tenha sido, o certo é que sempre foi e sempre será a casa do Mano e sua esposa Lizete, seus dois filhos, e pelo que pude perceber....de todos os seus amigos.



O café da manhã, verdadeiramente campeiro,  é esse que está nas fotos. Aipim, linguiça, ovo mexido com ricota (uma delícia!), café e leite (daqueles como se diz, "tirado da vaca"), o pão da Lizete com  mel de abelha,  doce de banana, goiaba e abóbora. Impossível encarar um almoço depois de um café da manhã assim "fraquinho"! Sendo assim, pretendo voltar para um jantar e me divertir na tal lan house.
Oi! Avisa pro Mano, que sábado vou jantar lá na casa dele....



quinta-feira, 12 de julho de 2012

O Jeito Twitter De Ser


Várias vezes já postei que, twittar é o mesmo que falar sozinho.
Lembro-me que quando criança, ouvia os mais velhos comentando que fulano (normalmente se referindo a uma pessoa idosa da família) estava ficando meio bobo, "porque deu para falar sozinho dentro de casa", diziam. E agora estou eu aqui no Twitter, não estou boba, mas estou falando sozinha. Você escreve (leia-se fala),  esperando que alguém responda, nada acontece e tudo vai  timeline abaixo.

Diferente do Facebock, onde a interação, se dá  mais entre pessoas amigas ou conhecidas e sempre há alguém que te responde ou dá uma curtida no teu mural. No Twitter você lê e se dá o direito de dizer o que pensa, sem cerimônia alguma, nos posts de quem você segue, sendo que na maioria das vezes, você não conhece ou não é conhecido pelo autor do post.

Conhecidos ou desconhecidos, bom mesmo seria, que ninguém usasse as redes sociais para lavar a sua roupa suja.

No Twitter existe acentuadamente  o interesse comercial e as amizades são com base nesta relação. Tenho visto e lido coisas por aqui, que me levam do sentimento de indignação à admiração, coisas desta gigante terra de ninguém que é a nação twitteira
Seguindo o Twitter de uma pessoa famosa de TV, li quando a mesma pediu, sugestão de nomes de homens profissionalmente bem sucedidos, para entrevistá-los em seu programa. Naturalmente deve ter chovido sugestões. De repente, a leio, avisando (este foi o termo usado) que não pedissem para serem apresentados a famosos, porque não iria fazer nada para isso acontecer. Ou seja, para pedir ajuda estava aberta a sugestões, para ajudar, não. No mesmo dia deixei de seguí-la.

É comum pedidos de twitteiros, para que acessem seu blog, mas ler ou recomendar os posts de seus seguidores também blogueiros, só se forem dos seus amigos, o que não quer dizer que sejam interessantes.

Quando me explicaram como funcionava o twitter e fiz minha conta, desanimada, falei para meu filho: Se é de seguir e ser seguido, não vai dar certo, porque, com tantos famosos da TV, intelectuais, jornalistas, não vai haver quem se interesse em me seguir. E ele me respondeu muito tranquilamente: mãe vai escrevendo tudo o que tu pensas, quem gostar do que tu escreves, vai te seguir."  Hoje tenho 240 pessoas interessadas no que digo e escrevo. Estou muito além das minhas expectativas.

Poderia ter muito mais, se me  cadastrasse num nesses sites onde  de imediato podemos conseguir centenas de seguidores, vindos sabe-se  lá de onde. Estaria agora, me exibindo com quantos seguidores quisesse, mas penso que assim não tem a menor graça. Vibro com cada seguidor que conquisto no dia a dia. Agradeço, mando florzinha, bato palmas, divulgo, retwitto, sem a menor preocupação com a  concorrência.

Alguns já me seguiram e já me abandonaram no meio do caminho,  outros por quem gostaria de ser seguida, por mais que eu provoque, me ignoram. E há os que, eu jamais pensaria ser seguida, que estão por aqui, me prestigiam e me retwittam sem a menor  arrogância.

Não dá para encarar a nação twitteira com profundidade de sentimentos,  o perfil passional, o perfil quebra barraco, está destinado ao isolamento. Há que se ter o já famoso "olhar de paisagem".
Twittar é intrigante, é excitante, é viciante, é viver na expectativa de surpresas e decepções.

quinta-feira, 5 de julho de 2012

Minha Paixão Por Cavalo.



Minha paixão por cavalo, todos sabem, nunca existiu. Sempre gostei do animal, assim como gosto dos outros bichos...normal. 
A necessidade, por companheirismo ao meu Richard, é que me fez buscar a equitação, que nada mais é, no meu caso, do que querer aprender a andar a cavalo ou saber cavalgar.
A primeira impressão foi ótima. É realmente uma delícia estar sobre este bichinho, embora ainda me assuste a falta de domínio sobre ele. Disseram-me que é como aprender a dirigir um carro. Aquela insegurança inicial, quando precisa bater o sinal, passar a marcha, acelerar, freiar e pisar na embreagem, tudo ao mesmo tempo e ainda assim, o carro morre.
 Engana-se quem pensa que subir no cavalo é o maior problema para cavalgar. É preciso uma combinação perfeita de equilíbrio, entre os quadris e o tronco com a posição das pernas e dos pés. Saber controlar a rédea para fazê-lo andar ou parar, é bem pior do que combinar embreagem com acelerador.
Hoje fiz minha primeira cavalgada, se é que assim pode ser chamado, um trajeto de uns 3 ou 4 km feitos em cima de um cavalo. A novidade me deixou um pouco apreensiva, mas diluiu-se com a maravilhosa paisagem da Estrada Fazenda, emoldurada pelo rio Cubatão, num trecho ainda sem poluição, cheio de pedras e flores vermelhas.
Ao final, após todos os procedimentos de descer do cavalo e colocá-lo na baia, fui para o carro. Quando olhei para as cocheiras, ele estava  com a cabeça por sobre a janela, como a me olhar. Tive a primeira boa sensação de identidade com o bicho cavalo. Ele é quieto, sem muitos sorrisos, olhar marcante, não mia e não late. Só dá coice, quando precisa!


*

domingo, 1 de julho de 2012

A Cultura do Pinhão.


Se você viajar pelo Paraná e Santa Catarina, durante os meses de abril a julho, você encontrará centenas de placas pelas estradas ou dentro das cidades dizendo: Vende-se pinhão cozido.
Em qualquer festa de São João, nesta região, o pinhão cozido, é uma tradição. Sem ele, a festa não tem graça.
O pinhão é uma semente (wikipédia) , que após cozido em água e sal, come-se, pressionando a casca para que a semente saia. Existem muitas receitas de comidas feitas com pinhão, entre elas, entrevero, farofa de pinhão, sopa de pinhão, e na última semana, experimentei strogonoff de pinhão (uma maravilha), no Restaurante Smania, em Joinville.
Servido de qualquer forma, a verdade é que, além de muito gostoso, ele faz parte da cultura do Paraná e Santa Catarina. E foi na região de divisa entre estes dois Estados, mais precisamente em Mafra (SC) e Rio Negro (PR), (cidades ligadas pela Ponte Cel Rodrigo Ajace) que fiquei conhecendo mais uma maneira de preparar o pinhão. É o pinhão SAPECADO.
Um cerimonial simples, tradicional e bonito, realizado na Fazenda do Funil que  dura cerca uns trinta minutos. 
1 - Faz-se um amontoado de  grimpa, que é o  galho seco que cai da própria árvore do pinhão.

2 - Joga-se o pinhão em cima da grimpa.

3 - Acende-se o fogo, formando uma labareda.

4 - Quando o fogo apagar, o pinhão estará pronto.

5- É só quebrar a casca e comer.

Muito bom e torradinho.


[editar]