quinta-feira, 10 de abril de 2014

Li o "Livro de Receitas Para Mulheres Tristes"



                                                    Foto da capa do livros, em tons bege com estampa de ovos diversos sobre colheres. 


De  Héctor Abad, recomendado no twitter, como um livro de cabeceira que toda mulher deveria ter, por Monica Waldvogel.

Devo confessar que tenho um certo receio em ler livro recomendado por alguém que sabidamente é devoradora de livros. Dos dois um, ou elas gostam de tudo o que leem ou o grau de profundidade da leitura recomendada não está ao meu alcance.

Mas este, fiquei interessada, encarei e devo dizer: 
O livro  é  s e n s a c i o n a l  e eu não saberei escrever pouco sobre ele.

De triste não tem nada e nem é só indicado para mulheres como o título sugere, como observou Monica. Ao seu comentário, eu acrescentaria que toda mulher e todo homem deveriam ter este livro em sua cabeceira de cama. Mas, eles não lerão. A idéia  de encarar certas verdades não faz parte do perfil masculino.

Uma leitura bem humorada, cheia de simbolismo com golpes certeiros nas feridas da vida real.

A relação com comidas é de uma sutileza que muitas vezes não consegui distinguir se o objetivo era resolver o problema apontado ou distrair-me para desviar a atenção sobre ele.

Em certos momentos tive a nítida sensação do autor estar fazendo-me de boba, no bom sentido. Não acredito que ele consiga definir tão bem conceitos, características de homens e mulheres sem o conformismo que sempre tentam nos passar. 

Você não suporta a rotina? Pois sabia que é o único modo do homem suportar a vida é fazer dela uma rotina. Sinto-me aliviada por isto.

Para tudo existe um remédio e o autor dá as receitas. Algumas fáceis outras nem tanto. Muitas vezes cheguei a  pensar: esse cara tá de brincadeira

É o caso da cura para a "indomável culpa", "as insensatas dores da alma". Sim a cura existe, se você fizer um prato especial de pesca do celacanto. O difícil é onde conseguir o celacanto, mas o autor lhe diz como. Para o mal da CULPA, "só um prato dos tempos dos dinossauros pode curar". 

Traição, especialmente a dos homens é um tema já por demais batido. Não vou deter-me no assunto, fico atenta, apenas,  ao conselho que ele dá. 

"É um vício maligno dos machos que não resulta da decadência da mulher...".  "O homem não vai em busca de manjares...".  "A infidelidade costuma terminar no malogro da fantasia..."e se não malograr, vá você em busca da fantasia".

E das mulheres, autor nos entrega de bandeja...ele diz: "não tente negar...". "Chegará o dia em que sua vida...marital terá um parenteses".... Aparecerá  uma pessoa a quem durante alguns dias você dedicará mais atenção e muito mais pensamentos que a seu próprio marido".

Completada com uma observação para ambos os sexos. "Quem é que não esconde no coração o eco de um mau pensamento?". "O adultério é o sal do casamento....e nem todos são da cintura para baixo." "...no coração, na imaginação, nos sonhos, e de vez em quando na realidade."

As bebidas também tem indicação para a cura de um algum mal. Mas em especial a indicação do uísque é providencial: Beba  "somente quando se vir na obrigação de mentir descaradamente; o uísque deixa a cara tão dura que facilita a mentira. Mais séria do que um tratante, você parecerá de gesso, e todos acreditarão no que disser." (risos).

Acreditar ou não acreditar nas declarações de amor que lhe são ditas? "Acredite na metade da metade". 

"Quando seu marido começar a ficar cego, e não enxergá-la mais, o melhor é você começar a ter olhos só para quem a vê".

Leia a receita contra o ciúme, é provável que você não consiga chegar ao fim, se mordendo de ciúme só de pensar....pior ainda é ler a máxima definitiva que ele observou sobre o ciúme. 
PQP.

NÃO LEIA O QUE SEGUE. VOCÊ PODERÁ PERDER O INTERESSE NO LIVRO, EMBORA EU LHE GARANTA QUE O MELHOR,  DEIXEI LÁ. 

É assim que está o meu livro. A idéia de libertá-lo no BookCrossing, mudou meu hábito de rabiscar nos livros.
                  Foto do livro aberto com anotações feitas em post it de cor verde.


"O amor mais inesquecível é o que nunca foi".

"Há dias em que a mulher acorda linda e dias em que seria preferível nem levantar". "Os dias de cara ruim aproveite-os em tarefas de recolhimento".

Quer esquecê-lo definitivamente? Jogue sal sobre uma lesma e fique olhando.

"Você se acha feia? Em algum lugar do planeta há um homem a sua procura.

Até que chegou na minha refeição preferida: O café "Não há jeito melhor de começar a manhã, exceto quando...você pode desfrutar, além do café, dos amores do seu amado..."

Outro dia conversando sobre beijo (na boca) bom ou ruim, ninguém conseguiu uma definição, pois leia a descrição do autor sobre uma maça. "Sua casca é lisa e esférica, com dois caroços dentro. É quase seca, com uma leve umidade de pétala. Parece o puxador de uma gaveta repleta de segredos". E o segredo do beijo, qual será?

Negue e jure de pés juntos.
Não se confesse.
Não seja transparente.
Não queira tirar um peso das suas costas.
O homem assim como você prefere não saber de uma aventura que foi apenas casual.



2 comentários:

  1. Nossa! Vou comprar amanhã! Quero ler logo, muito logo. Só não vou comprar hoje, porque vou receber amigos para o jantar e estou às voltas com as providências. Obrigada, Raquel, por mais essa interessante dica. Beijos

    ResponderExcluir
  2. Muito interessante, pelo título ...Não leria kkkkkkkk! Mas....acho que acabei de descobrir que sou triste kkkkkkkkkkkkk e eu pensando que era feliz ! Vou ler 1

    ResponderExcluir