domingo, 27 de maio de 2012

A Dança dos Famosos


Sempre gostei da Dança dos Famosos.
Hoje estava  assistindo e tive vontade de trocar o canal, como o fiz, antes de chegar ao final do quadro.  Motivo, a repetição. Colocar famosos lindos (as)  a dançar com as (os)belas (os) bailarinas (os) , não deixa de ser uma boa distração para um domingo à tarde. Mas quando vejo, mais uma vez, o velho(a) e o gordo(a) se apresentarem, me pergunto se isso é para mostrar que todos podem dançar, independente da sua idade e peso ou se é para mostrar justamente o contrário. O  velho e gordo não tem chance.
Quem já viu, em séries anteriores, o jovem perder para o velho ou o magro perder para o gordo? É a comprovação de que participar pode, mas concorrer é  sujeitar-se a passar pelo ridículo como  tantos outros já passaram.
Quando ouço os jurados dizerem, que para dançar não tem idade nem peso, concordo plenamente, mas  daí a entrar para concorrer, sem nenhuma equivalência entre pesos X medidas X idade, existe uma distância muito grande.
Não estou  usando palavras adequadas como, "pessoas mais velhas" ou "gordinhos(as)", porque é como "velho ou gordo"  que surgem as piadas, já correndo nas redes sociais. E lá,  ninguém usa esses termos politicamente corretos,  para ridicularizá-los.
Sendo assim,  dou-me o direito de também me referir desta forma, para defendê-los.
 Estou ficando chata ou seletiva?


Nenhum comentário:

Postar um comentário