segunda-feira, 14 de maio de 2012

Joinville, Uma Cidade Sem Graça!

Quando uma cidade tem mar, por si só ela é bonita.
Quando ela não tem mar, há que se "providenciar" beleza e torná-la atraente. Para isso constroem-se avenidas, parques, boulevard,  praças,  plantam-se árvores, faz-se canteiros de flores etc.
Uma boa opção é investir  na iluminação. Existem técnicos, engenheiros, arquitetos  especializados em  transformar cidades num verdadeiro espetáculo, à noite através  da iluminação.
Em Joinville, não há o que se mostrar para alguém que nos visite, e  eu que defendo Joinville Com Unhas e Dentes, inclusive já a comparei com São Paulo, dou mão à palmatória. No quesito beleza natural, Joinville é Muito Sem Graça. O máximo que podemos dizer é que: é uma cidade boazinha, com confeitarias maravilhosas  e limpinha,  Não temos onde passear com nossos visitantes.
 Agora, vou torcer para que sejamos visitados à noite. Poderemos mostrar a nova iluminação, ao longo da nossa avenida Beira  Rio. A avenida vai ficar por toda a sua extensão, clareada com feixes de luz ...das lumináriazinhas pequeneninhas, bonitinhas, vermelhinhas igualzinhas aquelas de pracinha de cidadezinha do interior.
Do interior sim. Conceito, que a inferioriza, do qual não vamos nos livrar nunca.


Um comentário:

  1. Quando eu for a Joinville vou combinar um passeio com você porque não quero escrever um post sem graça sobre a cidade que pareça que estou 'acabando com ela' como aconteceu com Itajaí...rs Aliás, essa semana o post de Itajaí teve tantas visitas que deu para estranhar...(?)

    ResponderExcluir