domingo, 12 de abril de 2020

Mar Vermelho e a libertação do povo hebreu - A Primeira Páscoa.



Falar em Páscoa é falar também da passagem bíblica conhecida como “Saída do Egito”, registrada no Velho Testamento, Livro Êxodos.

Na viagem do SuperLinda ao Egito, coroada de êxito, e belas surpresas, teve um especial momento que merece ser relembrado no dia de hoje. A chegada na cidade de Hurghada, o encontro com o Mar Vermelho, molhar os pés na água translúcida, e pisar na areia do deserto, teve um significado ímpar no tocante a libertação.

Diz a narrativa histórica bíblica que: "Moisés ergueu o cajado e as águas se dividiram para o Povo de Deus passar". Diante de tanta beleza e magia quem é capaz de duvidar? A travessia do povo de Israel pelo Mar Vermelho, no Egito há 3.500 anos, guiada por Moisés, trouxe a libertação e a origem do que teria sido a primeira Páscoa. Assim é comemorada a Páscoa judaica, uma tradição milenar que relembra a libertação do povo hebreu.
 
Segundo as escrituras, Deus escolheu Moisés, um hebreu que foi criado pela filha do Faraó, desde que o encontrou, ainda bebê, dentro de um cesto boiando num rio. Integrado a cultura e linguagem egípcias, foi criado como príncipe do Egito, porém não se furtou a defender os escravos hebreus das agressões que sofriam. Com a atitude de ajuda-los na fuga, tornou-se um foragido daquela mesma terra, a partir de então.

Estudos indicam que o Faraó do êxodo seria Ramessés II, que viveu na XIX dinastia. Há também referencias, pela descobertas arqueológicas, de que o  período mais apropriado seria o de Tutemés III. Alguns pesquisadores ainda questionam se os hebreus eram de fato escravos no Egito Antigo, pois não há provas históricas ou arqueológicas relacionadas a esse fato além do texto bíblico. O que para os cristão é prova incontestável.

Dos fatos históricos e bíblicos há uma gama de estudos a serem aprofundados. Estamos vivendo em um mar de águas muito vermelhas e clamamos por Moisés, que por ordem de Deus, abra o caminho do seu povo na terra. Que a sensação de paz que abracei diante do Mar Vermelho chegue a todos, porque a mensagem de hoje é de Páscoa. De renovação, de uma nova era e esperança. Votos de recuperação pela liberdade da vida, do espaço de cada um no mundo, saúde, no trabalho, e poder de compra do alimentos sobre a mesa.

Pescador vestido com uma túnica marrom, Mar Vermelho aos fundos, vendendo peixe fresco à beira da estrada.
Vendedor de peixe à beira da estrada costeando o Mar Vermelho. Ele usa Tarbusch (pequeno chapéu de feltro),calça comprida, tênis, blusa e echarp.
Eu vestida de roupa preta e aos fundos o Mar Vermelho de cor azul transparente.
Com os pés no Mar Vermelho.

Seu blog dá acesso ao deficiente visual?    Fotos legendas para acessibilidade do deficiente visual. #pracegover


2 comentários: