sábado, 23 de junho de 2012

Minha Mãe, Minha Mãe-Poeta - 80 Anos!

Zelândia Ramos dos Anjos
Nasceu em Tijucas em 25 de junho de 1932. Uma tijucana  joinvillense desde quando, muito jovem, veio estudar como aluna interna no Colégio Santos Anjos. Casou-se com Gercy dos Anjos, tem tres filhos Roberto, Raquel e Rute, é avó e, já quase, bisavó. 
Formada em Letras pela Fundação Universidade Regional de Joinville com especialização em Lingüística pela UFSC. Foi professora de 2 Grau e de curso Superior. Ocupou cargos na Secretaria de Educação do Estado.
Foi Diretora da Fundação Cultural de Joinville, onde foi responsável pela vinda do Balé Bolshoi, pela primeira vez ao Brasil, para apresentação no Festival de Dança de Joinville.
E muito mais, curriculum é o que não lhe falta.
 Mila Ramos
 A poeta. A escritora. Autora de livros : Pé de Vento, Sete Sumos,  Na Grande Noite dos Girassóis, Terra Nossa de Cada Dia (poe­sias e crônicas), Em Surdina (poesias), Tons e Semitons.
Teve por dois anos, uma coluna "Crônicas" no jornal Notícias do Dia.
Blogueira  www.milaramos.com
Twitter  @JoiMila 
Mãe
Conhecedora de receitas para driblar noites e noites sem dormir de filhos com febre.
Com curso intensivo na administração conjunta de filhos e trabalho. Formada em levar e buscar filhos na escola. Doutora em noites, também sem dormir, de filhos em balada. Especializada na educação de tres personalidades diferentes.

Certa vez, uma pessoa se mostrou surpresa por me conhecer há anos e  por eu nunca ter mencionado ser filha de Mila Ramos, que ela conhecia através dos livros e poesias. Respondi que eu era filha de Zelândia e não de Mila, e que  quando me perguntam qual o nome da minha mãe, respondo: Zelândia e não Mila.
 Depois deste "impasse" passei a responder: Sou filha de Zelândia Ramos dos Anjos, a Mila Ramos. 
 Na minha rotina diária, não vivo nessa confusão de identidade, porque a minha mãe é a Zelândia, para os  netos, ela é a vó Zelândia, vivemos em torno dessa pessoa e não de Mila Ramos.
Mas, a Mila Ramos existe sim. Tem personalidade (é uma sonhadora), tem presença, tem  reconhecimento público e me encho de orgulho por ela.
 Dona de um belo curriculum vitae, e, aos 80 anos, vive com uma consciência intelectual extraordinária, dependente dos filhos só naquilo que lhe é conveniente ou por direito adquirido.
Para você minha mãe Zelândia,  minha mãe-poeta Mila Ramos, Feliz Aniversário !




Um comentário:

  1. Ser tua mãe, minha linda Raquel, é um bênção de Deus. Sei que teu blogar é um pouco de mim, porque há quase 17 anos , teu marido, meu querido Ricardo, me colocou um computador 486 na frente e me ensinou o beaba. Aí, fui seguindo a trilha dele e aqui estou na lida digital. Tenho muito orgulho de ti. E não fica dizendo que não puxaste a mim nas letras porque tu escreves muito bem e sei que tenho uma herdeira moderna.
    Obrigada a Deus por ter-me dado uma filha que se parece com meu saudoso e amado Gercy.
    Deus te abençõe. Mãe

    ResponderExcluir