quarta-feira, 27 de junho de 2012

CURITIBA, Como Eu Gosto!


Saí num sábado de manhã caminhando pelas rua de Curitiba. Fazia um friozinho na temperatura ideal, combinando com um lindo dia sol. Sem máquina fotográfica, usei a camera do celular(#sinaldostempos) para registrar,  os bares, restaurantes, cafeterias,  que encontrei, num curto espaço de algumas tres ou quatro quadras, indo pela Rua Vicente Machado e retornando pela Alameda Carlos de Carvalho, no trecho próximo à Presidente Taunay e a Praça da Espanha.
Dizem que a praia de curitibano é restaurante, quisera todas as cidades de praia tivessem tantos bons restaurantes e bares  quanto tem em Curitiba.
Do rústico Caixeiro Vicente ao  Caruso (1954) bar café estilo antigo.
Hamburgueria, Comida japonesa e Bar e Forneria Quintal do Guima.
Voltando pela Alameda Carlos de Carvalho, encontrei o Giotto Pizza, o The Sub's e  o Au-Au. Não falar do Au-Au em Curitiba é o mesmo que  ignorar o Kayskidum em Florianópolis (me nego a falar/escrever Floripa). 
Seguindo em frente, mais precisamente, chegando na Praça da Espanha, você pode escolher, qual a melhor cozinha ou o restaurante mais transado, para comer e beber , sentado na varanda do local e olhando de frente para a bela vista do chafariz da praça. 
O Cafe Millano Restaurant, o tradicional Familia Calicetti. o  Madero Burger & Grill, o conhecido Tartini, a Sorveteria Freddo, entre outros.
O Bar Curityba (da forma como era escrito antigamente o nome da cidade) é lindo. Em frente, o Irish Pub Sláinte e na mesma rua, o Bistrô Sel et Sucre. -* Meu filho (29), me perguntou se eu frequentei esses lugares para indicar (entendi a pergunta, como uma "espécie de crítica"), respondi: conheço alguns, outros, não. Portanto estou indicando lugares, que passei em frente, achei bonito e com cara de lugar bom como sugestão, à ser conhecido. 
 Curitiba é reconhecida mundialmente como a cidade, onde a precocupação com o meio ambiente, é uma constante. Na mesma região dos restaurantes, a bela surpresa de encontrar uma cobertura de vidro, dando espaço para a árvore passar, servindo de decoração na entrada de uma casa de balada noturna. 
É a preservação em  harmonia  com a modernidade.

5 comentários:

  1. Eu também amo esta cidade e que meu filho escolheu como sua.
    Tive o privilégio de morar por uns anos e tenho saudades dela todos os dias, mesmo indo muito para lá é diferente de morar.

    ResponderExcluir
  2. Oi Kathia, é uma cidade muito boa mesmo. Adoro ir para lá, vou quase todo fim de semana. Um abraço.

    ResponderExcluir
  3. Quando estive em Curitiba fiquei hospedada em Santa Felicidade e realmente nunca vi tantos restaurantes um ao lado do outro e enormes. A cidade é um encanto!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. Silmara, Curitiba é #tudjibom abç

      Excluir