domingo, 30 de setembro de 2012

Uma Vida Em 52 Objetos - Profissão - 4/52 semanas



Em 1976, por obediência ao meu pai, fiz concurso para o cargo de Distribuidor Judicial da Comarca de Joinville.
Por obediência sim, porque não queria de jeito nenhum. No auge da minha juventude, eu trabalhava como secretária da gerência do Besc. Lépida e faceira, sentada na plataforma da entrada principal, vendo toda a movimentação de entrada e saída dos clientes no banco. A substituição semestral dos cargos de chefia, (que sempre causava um certo "frisson" e expectativa), era motivante. Sair deste ambiente para trabalhar no Fórum em meio a papel velho, não era o sonho da minha vida.
Mas meu pai, quando chegava do trabalho, (ele era Escrivão Cível), trazia o material que eu deveria estudar e todas as noites "tomava o ponto".
Fui para a prova, sabendo tudo na ponta da língua. Respondi todas as perguntas facilmente e comecei a  sentir prazer da vitória, por saber que tinha feito uma prova muito boa.
Bateu aquele friozinho de quem está esperando o resultado do vestibular.
E quando chegou, chegou  APROVADO.
Nada mais tenho a dizer. Só tenho a agradecer ao meu pai.





Entenda o que é "Uma Vida Em 52 Objetos"

3 comentários: