sábado, 2 de agosto de 2014

Como e Porque o Ballet Bolshoi Veio Parar em Joinville.


Foto do google (link da imagem) da apresentação do Ballet Bolshoi no 14 Festival de Dança de Joinville.


Tudo começou em 1995, quando a Fundação Cultural e a Comissão Organizadora do Festival de Dança de Joinville, era presidida pela professora Zelândia Ramos dos Anjos. Época em que o festival de Dança, já era considerado o maior do mundo. 

Por iniciativa de Carin Busch, a brasileira Jô Brasca Negrão, professora de jazz do Ballet Bolshoi na Russia, foi convidada para dar aulas nos cursos, hoje chamados workshops, que aconteciam durante o festival aos bailarinos.

O "QG" do festival era na Casa da Cultura. Local onde tudo acontecia. Da recepção dos grupos de bailarinos à Feira da Sapatilha, o burburinho dos participantes de um lado para o outro, grupos que se reencontravam, entrega de crachás, .

Neste ambiente pulsante,  Jô Brasca Negrão, Carin e D.Zelândia, entre um cafezinho e outro como que numa conversa de comadres, Jô lançou a idéia de trazer os bailarinos do Bolshoi para a abertura do Festival de Dança de Joinville do ano seguinte.



Foi a partir da idéia destes profissionais, que de forma amadora, faziam o Festival dar certo, que Joinville tornou-se a primeira cidade brasileira a receber o corpo de bailarinos do Ballet Bolshoi da Russia para uma apresentação.
A concretização deste evento histórico aconteceu na noite de abertura do 14 Festival de Dança em 1996. Eu fui, eu vi eu vivi este dia, lembro-me até da roupa que usei nessa noite. Sem câmeras de celulares e sem selfies,  não tenho nenhum registro fotográfico daquela espetacular noite, além dos que guardei na memória.

A cidade parecia estar literalmente nas nuvens e o Ballet Bolshoi em terras joinvilense.


*A partir daí, a semente plantada em 1995 por Carin Busch, Zelândia Ramos dos Anjos e Jô Brasca Negrão, desenvolveu o projeto de implantação da Escola do Teatro Ballet Bolshoi em Joinvile e consolidou-se graças ao empenho do prefeito Luis Henrique da Silveira. Veja o link oficial do Bolshoi.

2 comentários:

  1. Gostei muito do post, achei muito informativo, pois eu mesma não sabia muita coisa a respeito do Ballet Boshoil e gostei muito de ter mais informações através desse post!
    Obrigada pela dica!
    bjus
    http://www.elianedelacerda.com

    ResponderExcluir
  2. Oi Elyane. Ler um comentário como o seu, é um dos prazeres de ser blogueira. obrigada.

    ResponderExcluir