sexta-feira, 14 de novembro de 2014

Asia Sushi Bar



Na melhor localização da cidade, na esquina mais privilegiada da Avenida Gastronômica, o ASIA SUSHI BAR, detém o título da melhor comida japonesa de Joinville.




A decoração de bom gosto não foge do tradicional, em se tratando de restaurantes japoneses. O que difere no Asia é que ela foi feita com requinte, sem aquele ar de ambiente fantasiado com motivos orientais. 

Aconchegante e confortável tem uma bela vista para a rua. As paredes envidraçadas dão amplitude ao ambiente, possibilitando o conforto do ar condicionado e protegendo-nos do barulho dos carros.





Onde quer que escolha sentar, você tem visibilidade do ambiente de trabalho onde homens e mulheres, desempenham com habilidade as suas funções, para servir uma comida que tem que ser acima de tudo, de primeira qualidade.



A apresentação é como que uma arte. Os sushi e sashimi, e todos os outros de nomes estranhos, que ninguém além do sushi man sabe dizer e identificar, vão aguçando o seu paladar.

Você pode até não gostar, como eu não gostava, mas negar a beleza é impossível.

Esta não uma comida que combina (#opiniãodoblogsuperlina) com o serviço de delivery, disponível pelos restaurantes, inclusive pelo Asia. Um serviço necessário dos tempos modernos.

É sim, uma prática a ser degustada e apreciada. 


Nélida Delai há anos proprietária desta casa, mantém o padrão e a elegância do lugar.


O blog superlinda, mais uma vez esteve lá e nosso brinde foi o de sempre: Que nunca nos falte uma boa conversa.

Neni, te desejo sucesso SEMPRE!



*Descrição detalhada das fotos para acesso do deficiente visual (para saber mais clique aqui
1 e 2 - Foto da fachada externa do Asia Sushi Bar. 3 e 4 - Foto de dentro para fora do Asia, da visão que se tem pelas paredes envidraçadas. 5 e 6 Fotos do ambiente interno, mesas, luminárias com luz indireta e decoração de parede. 7 - 8 e 9 Foto da visão dos sushi man no preparo dos pratos.  10 - Foto do prato servido. 11 e 12 - Foto da mesa onde converso com a proprietária Nélida Delai.

2 comentários: