sábado, 11 de março de 2017

Do Amor entre o Sol e o Girassol


"Diz a lenda que quando o último girassol sumir o sol se apagará de tristeza pois não era a planta que girava para ele ela apenas dançava e ele admirado a seguia". Joakin Antonio


1 -
A Mitologia Grega conta uma lenda com a acidez e sensualidade nas palavras, própria dos amores passionais .

Clítia era uma ninfa apaixonada por Hélio, o Deus do Sol.

Quando este a trocou por Leucotéia, Clítia começou a definhar. Sentada no chão frio, sem comer e sem beber alimentou-se das própria lágrimas.

Durante os dias, seu olhar não se desviava do Sol, por nenhum segundo, e na escuridão da noite, sem poder vê-lo, baixava os olhos a chorar.

Estática, seus pés ganharam raízes e sua face se transformou numa linda flor da cor do sol, sempre com o olhar voltado para o seu amor.

-->
Assim a Mitologia grega conta como nasceu o primeiro girassol.

2 -

Uma visão mais romântica,  do amor de uma estrela pelo sol deu origem a lenda do girassol.

No céu existia um estrelinha tão apaixonada pelo sol que era ela a primeira a aparece, antes que ele se escondesse. E quando este se punha, ela chorava lágrimas de chuva.

A lua falava para a estrelinha, que estrelas nasceram para brilhar de noite. Mas nada a consolava,  amava o sol como se fosse a única luz, esquecendo até a sua luz própria.

Cheia de amor,  ela foi pedir ajuda ao rei dos ventos:

_ Quero ficar olhando o sol, sentindo o seu calor, eternamente, por todos dos séculos.

O rei vento, diante da impossibilidade de fazer valer o seu pedido, deu à estrelinha a opção de morar na Terra,  deixando, assim, de ser estrela.

Por amor, ela virou estrela cadente e caiu na terra em forma de uma semente.

O rei dos ventos plantou esta semente numa terra boa, regou com os mais delicados pinto de chuvas da natureza, até vê-la crescer como planta.

E ela se desenvolveu com suas pétalas se abrindo, girando sempre em busca da luz do sol. E assim ficaram pintadas de dourado tal qual a cor do sol.

Com qual delas você se identifica? Escolha e viva a sua história.

Nenhum comentário:

Postar um comentário