domingo, 15 de novembro de 2020

Minicrônica de um dia de votação.

 


Desde que sou eleitora não lembro de ter encontrado entre os mesários alguém conhecido.


Hoje cedo fui votar. Aguardei a pessoa que estava na minha frente sair e entrei atendendo o chamado do rapaz da mesa a quem entreguei minha identidade. 


Sem pegar no documento ele disse: “Não precisa já localizei o seu título”. Olhei pra ele perguntei: “Como você sabe o meu nome”? Ele respondeu: “Conheço a senhora”. Perguntei novamente: “De onde”?. Ele rindo repetiu: “Conheço a senhora”. Eu também ri e, tentando disfarçar minha surpresa, disse para os três da mesa: “ tão vendo? Não dá para fazer nada de errado na vida. Até de máscara somos reconhecidos”. 


Votei, olhei para o jovem e saí desejando a todos um bom trabalho. Ainda estou sem saber quem é o moço que me reconheceu. Uma sensação estranha. 


Espero encontrá-lo no 2º Turno para, ao menos, perguntar-lhe o nome. 

2 comentários:

  1. Eu jamais sairia sem a resposta, sou curiosa demais kkkkk

    ResponderExcluir
  2. Seiii disso. Mas já havia pessoas aguardando para votar. Não podia estender o assunto. rsrs.

    ResponderExcluir