domingo, 9 de dezembro de 2012

Uma Vida em 52 Objetos - 14/52 Semanas - 15 anos


Quando fiz 15 anos ganhei de meus padrinhos esta bolsa toillette toda bordada em lantejoulas, miçangas e canutilhos.
Sempre gostei e mesmo que, em um certo momento da minha vida (provavelmente no período aborrecente), achasse que ela estava démodé, a mantive guardada.
Hoje ela já é quase uma antiguidade (que horror!!!), e por isso achei que estava na hora de dar-lhe um lugar de maior destaque.
A mania que tenho de transformar as bolsas de lojas em quadros, me trouxe  a inspiração. 
A surpresa veio quando eu a abri e encontrei no seu interior o cartão de aniversário escrito de próprio punho pelo meu padrinho. Sua letra de médico, normal da profissão, era tão rebuscada quanto a sua formalidade no tratamento com as pessoas e retrata o homem fino, educado e elegante que era. 
Resolvi escanear e fixá-lo no quadro como um certificado de autenticidade. O original mantive guardado dentro da própria bolsa.



Texto do cartão: 
"Prezada Raquel
Pela oportunidade do transcurso dos seus 15 anos de existência, mandamos a você esta mensagem de efusivos parabéns, plena de nosso bem querer e portadora, ainda, dos nossos sinceros votos para que, hoje como sempre, a vida lhe sorria e lhe proporcione justos motivos que a façam alegre e feliz _ na base da saúde, confôrto, bem estar, compreensão, paz...tudo em ambiente de afetivas amizades e de cordiais estimas.
...Que você seja realizado no futuro, o seu doce sonho de "Menina Moça"!.
Grande abraço,
Sizenando e Lalinha.
14/12/69"









Detalhes da bolsa.



















  Entenda o que é "A Vida Em 52 Objetos"

8 comentários:

  1. Genial! As palavras do seu padrinho representam não apenas uma profissão ou uma classe, mas uma época na qual desejos como estes eram reais. Hoje, o máximo que fazemos é mandar um "feliz aniversário" pelas redes sociais. Aí como faz pra lembrar, daqui a 2o, 30 anos, como era a letra da pessoa?
    Prefiro o modo antigo.
    Um beijo!

    ResponderExcluir
  2. Oi Mariana, seu comentário é de quem já esta com saudade de um tempo que não volta mais.... obgda.

    ResponderExcluir
  3. Respostas
    1. Beijo minha querida Helô. Gosto muito quando você "me lê".

      Excluir
  4. Gostei da idéia Raquel... Ficou muito bom.
    Eu tenho quadro para enfeitar o quarto do meu neto, com seu primeiro uniforme de futebol...
    Um com a foto dele.. e outro com a própria roupa..
    A lembrança é maravilhosa, além de muito criativa.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tenho uma certa mania de não gostar de lembrancinhas engavetadas. Expondo estamos sempre revivendo. Abrç Elisa.

      Excluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. Linha lindona filha: tu estás te revelando uma grande repórter! E esse era um dos sonhos profissionais que tive logo depois de formada... Realizo agora em ti. Que bom.Teus 52 objetos estão brilhando em teu blog .E, como já pude ver as fotos das corujas, estou encantada com tuas "reportagens".
    Um grande beijo da MãeCorujona.


    ResponderExcluir