domingo, 16 de dezembro de 2012

Uma Vida Em 52 objetos 15/52 semanas -Um Par de Alianças



Esta história tem começo, meio, e o fim com o "viveram felizes para sempre", estamos vivenciando.

Foi um amor de verão, como aqueles que acontecem na adolescência de todos e que só duram nas temporadas de férias de praia.

Comigo não foi diferente, senão por um detalhe. O meu namoro de verão se repetiu por três anos seguidos com a mesma pessoa. Começava em janeiro e findava sem nenhuma palavra de despedida ao fim de cada temporada.

Até que passado mais um verão, sem despedidas como sempre, fomos cada um para sua cidade, para mais um ano de estudo e trabalho.

Foi o último. Por um período, algo em torno de quinze anos, não nos encontramos mais.

É como se tívessemos enfrentado um  l o n g o inverno. Não de tristezas e sim de realizações. 

Caminhos a percorrer separados.

No verão de 1994, sem nenhum planejamento anterior, voltamos a nos encontrar. Não foi preciso nenhuma explicação. Um flash de luz branca e vermelha reascendeu todos os sentimentos. Só nós dois sabemos o significado desta frase, é um segredo a dois.

desde então nunca mais nos separamos. 

As diferenças, os sentimentos, as alegrias, as desilusões, existem, afinal da vida, somos "Um eterno aprendiz..." 

Sem necessidade de casar, mas com o desejo de viver para sempre juntos, ganhei ou ganhamos este par de alianças, no dia 14 de dezembro de 2005, dia do meu aniversário, há exatos sete anos.

A idéia de gravar os nomes no lado de fora da aliança, dá o toque de originalidade à peça, muito característica do #meurichard. 

É um objeto para sempre.

Richard (como eu o chamo carinhosamente), Eu Te Amo!


Fotos do dia da troca de alianças


Entenda o que é "A Vida Em 52 Objetos"

8 comentários:

  1. Bela história de amor. Parabéns aos dois.

    ResponderExcluir
  2. Lilian von Linsingen16 de dezembro de 2012 15:03

    Oi cunhada, sabe que espio o que vc posta no face do Sergio e porisso nunca comento, mas hoje, cheguei a chorar de pura emoção ao ler esta linda e verdadeira história de amor. Não pude deixar de invadir o espaço do marido para além de parabenizá-la, embora com atraso (lembrei o dia 14 inteiro)dizer que "Eu amo vocês"...
    Lilian

    ResponderExcluir
  3. Raquel,
    novamente quero parabenizá-la pelo aniversário e mais que isso, pelos bons textos que vc sempre nos traz, repletos de emocao. Fico muito feliz de após muitos anos, ter tido a oportunidade de contatar o teu Richard e por essa via, ter te conhecido e mais ainda, que pelo carinho que sempre tive pelo Ricardo, saber que ele encontrou a mulher maravilhosa que vc é.
    Agora sei que vc merece duplamente os meus parabéns.
    Silvia

    ResponderExcluir
  4. O amor, falo do amor verdadeiro, é um sentimento tão sábio que sabee esperar o momento oportuno para se apresentar, se revelar. Mas também é matreiro, vai chegando devagarinho, meio sem querer nada e querendo e, plantada a sementinha vai aos poucos regando sua muda mesmo que seja uma vez por ano num curto período de férias.
    Na sua sabedoria, ele não permite que a separação, por saber ser temporária, que ela doa, maltrate e sim que crie a espectativa do reencontro com naturalideade.
    Enfim, quando passado pelo teste, vencida as etapas de crescimento, ele se apresenta por inteiro e aí, como bem disse o poeta Gonzaguinha: Não da pra segurar. Explode coração.
    Mas uma vez parabens pela crônica onde sem pieguice revelou todo o se sentimento e respeito polo mais nobre dos sentimentos; O AMOR.

    ResponderExcluir
  5. MEUS LINDOS:
    Que Deus os abençoe pela vida que levam, cheia de carinho e amor.
    Que Deus abençoe a família linda que formaram com os filhos de um e de outro que hoje vivem cheios de amor entre si, felizes pela felicidade de vocês.
    A mãe, a sogra e a avó mais feliz do mundo.
    Zelândia

    ResponderExcluir
  6. Uau!! Que história linda de amor!!
    Raquel, que delícia heim? Gostei da originalidade, da renovação dos votos... vocês foram testados muitas vezes!
    Obrigada por compartilhar!!
    Beijus,

    ResponderExcluir