terça-feira, 13 de maio de 2014

A Um Mes da Copa do Mundo


*Descrição detalhada das fotos para acesso do deficiente visual (para saber mais clique aqui)



Montagem de fotos tiradas do Google de eventos relativos a realização da Copa do Mundo no Brasil.



Ontem todos jornais anunciaram: Faltam 30 dias para a abertura da Copa da Mundo...

Não tem mais volta. 

Sinceramente alguém chegou a acreditar realmente que isto poderia não acontecer? 

Alguém levou a sério as inspeções que a Fifa veio fazer nas obras dos estádios, e que a constatação inequívoca dos atrasos iria suspender a realização da Copa no Brasil? 

Não adiantou espernear nem gritar, ela está aí. 

Aliás, pensando bem, ninguém esperneou nem gritou tanto assim. Se analisarmos, nos últimos oito anos, desde que a copa foi anunciada, quantas pessoas participaram de manifestações contra a copa? Façamos uma comparação com o número de participantes das "marchas para..." tudo, como existe neste país e veremos que a quantidade dos que se manifestaram contra a copa, foi insignificante.

Portanto, vamos ter a Copa do Mundo no Brasil. Aos trancos e barrancos ela vai acontecer.

Tudo o que tinha de ser dito, foi dito e mostrado.  

Crianças podem estudar sentadas no chão, doentes podem morrer sem atendimento médico, mulheres podem ter filhos nas calçadas, a criminalidade e a segurança pública podem esperar, porque são problemas sociais de difícil solução. 

Para nada disso há recursos. Os mesmos recursos que não faltaram para os estádios de futebol.

E o recurso do qual me refiro, não é o recurso da falta de mão de obra, nem de profissional capacitado. É do recurso D I N H E I R O. 
A equação é esta: Recurso = $$$$$$$

Os tão propagados retornos dos investimentos feitos, a quem beneficiou, senão aos próprios interessados na organização do evento? 

Meu sentimento é um misto de revolta com tristeza.

Por mais que reconheçamos o quanto o governo é injusto com todas as outras modalidades esportivas no Brasil, temos que reconhecer que o futebol está dentro de nós.

Ninguém precisa incentivar o brasileiro a gostar de futebol. Nós gostamos naturalmente. É nato.

Perguntei para meu filho Vinícius, para quem ele iria torcer e sua resposta foi taxativa: Para o Brasil, lógico. Contra o Brasil eu não torço nunca.

De Labouré Lima no twitter li "Vou confessar que mesmo discordando em muitas coisas, jamais torcerei contra o meu Brasil. Sou brasileiríssima!" 

E eu? Eu digo que independente do discurso que vou ter de ouvir deste governo, perdido na falcatrua e roubalheira, também não vou deixar de torcer pelo Brasil nesta Copa. Nem nesta nem em nenhuma outra, seja onde for que se realize.

É uma indignidade o que este governo faz com o Brasil? Sim. E é com ou sem Copa do Mundo, escolhida estratégicamente, para ser no Brasil neste ano de eleições.

E eles vencerão, independente do resultado da copa, se ao contrário das fracas manifestações feitas contra a realização da Copa do Mundo, não fizermos uma campanha de oposição efetiva à reeleição do atual governo federal.





2 comentários:

  1. A charge é perfeita e será prorrogado para 2016, a copa seria e será no Brasil de qualquer jeito ou vocês acham que a derrota para França em 2008 foi NORMAL, começamos a vender o Brasil ali,o Brasil só ira mudar quando tiver sangue segundo os antigos, protesto não por aumento de passagem mas sim por mudanças nas leis.

    ResponderExcluir
  2. É uma pena, para não dizer uma lástima, que o país que ama tanto o futebol como o nosso esteja realizando uma Copa do Mundo em um momento tão triste da nossa história. De qualquer maneira ela vai ser realizada e como você bem frisou todos nós torceremos pelo Brasil,porque amamos futebol ,porque amamos o Brasil e enquanto torcemos a espera por consultas no SUS aumenta, a vaga nas escolas diminui, o crescimento habitacional encolhe. Poucos sairão ganhando com a Copa do Mundo e à população sobrará , tão somente, o prazer de torcer por nosso time, porque isso está no sangue dos brasileiros. Infelizmente aquela música que a Globo usou há alguns anos atrás: " Chegou a hora dessa gente bronzeada mostrar seu valer ", não cairá bem aos nossos ouvidos, pelo menos aos ouvidos de quem quer um país melhor, mais justo e igualitário.

    ResponderExcluir