sábado, 9 de janeiro de 2016

Chegando no PARÁ



As placas indicam que chegamos no Pará. 
As distâncias ainda assustam, mas são contemporizadas pela beleza da estrada reta em traçado longilíneo e elegante.

Sensação de conforto e segurança logo abandonada na passagem de um trecho da BR 163, próximo ao km 10, totalmente danificada. Uma ponte ainda de madeira é inadmissível numa rodovia federal. Mas ela existe e só permite a passagem de um veículo por vez.
Nem mesmo a existência de uma base da Força Aérea Brasileira é capaz de favorecer melhoramentos na estrada. Certamente isso daria mais segurança para a população que por ali transita à trabalho contribuindo com a economia do país.

A viagem é lenta. A Serra do Cachimbo exige destreza do motorista. Pede mais cuidado ainda, na estrada asfaltada que segue em frente, em condições precárias e cheias de buracos.
O #superlinda viajando pelo Brasil afora constatando a beleza desse país imenso largado  e abandonado.

                                            
 

Um comentário:

  1. Raquel voce foi longe nessas férias. Muito legal sua viagem .

    ResponderExcluir