quarta-feira, 25 de julho de 2012

Problemas? Como Resolver o Seu?



Uma amiga, ao sofrer uma grande desilusão amorosa, resolveu  parar de fumar.
Ao contrário da maioria das pessoas, que diante de um problema fumaria muito mais, ela focou num objetivo mais ou tão difícil de alcançar, quanto o de superar o sofrimento pela perda de seu amor. Ela me explicou,  que era como se  precisasse vencer algo maior do que a dor  pela qual estava passando, para sentir-se curada e que lhe aumentasse a auto estima, provando o quanto  poder tinha sobre si mesma. 
Num primeiro momento, pode parecer uma atitude de auto-flagelação, no sentido de que você está mal e ainda vai fazer algo que a faça sentir-se pior. Para mim, ela foi de uma inteligência, que nem ela mesma deve ter noção ou percepção da profundidade. Parabéns!


 Se cada pessoa, diante de seus problemas, pessoais, amorosos, financeiros, perda, luto, agisse, procurando combater algum outro problema seu, teríamos bem menos doenças dentro de nós. 


Ao contrario de comer mais, fizesse exercício físico. Ao contrário de se individar, compasse menos. Ao contrário de tomar remédio para dormir, acordasse mais cedo. Ao contrário de beber, conversasse.  Ao contrário de ficar de mau humor, viajasse.  Ao contrário de deixar de comer, desenvolvesse a sua fé. _E,  muito mais...



Os problemas e dificuldades podem te levantar ou te enterrar. 
Voce escolhe.
Você que esta agora aí lendo e pensando, acrescente sua idéia nos comentários.

7 comentários:

  1. Isso mesmo! Quando me separei, depois do baque inicial e do sofrimento principalmente pela ausência dos meus filhos minha saída meio que sem ter tido a percepção foi tentar realizar o meu antigo sonho de ter uma empresa de eventos e me joguei nessa empreitada. Voltei a colecionar vinis. Passei a viajar mais e a ir aos shows de rock como sempre fiz antes do casamento. E isso foi muito importante, pois não tive tempo pra sofrimento.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marco Antonio, superar com inteligência! Abç.

      Excluir