segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014

A Fila Anda...

Montagem de  cinco imagens de casais em forma de desenho representados em cenas de separação.


Expressão moderna, para dizer que a vida continua e
usada para definir uma atitude tomada após o término de um relacionamento.

É quando a pessoa toma a iniciativa de abandonar aquele barco afundando ou já afundado e ir em busca de outro caminho para a sua vida.

Embora a expressão seja moderna e atual, a dor e o sofrimento que vive-se até a tomada da decisão de uma separação, é muito antiga. 



Essa semana li um depoimento de pessoa conhecida comemorando um ano de separação. Aliás, ela está linda e magra. Reconhece o tempo perdido e a felicidade que vive como recompensa no momento atual.

É tão certo quanto qualquer equação, que um dia toda a tristeza passa. Mas, saber ler quando dentro de uma relação, a fila na realidade já andou e faz tempo, é doido e o processo longo.


É preciso coragem, para ir lá fora ver como estão as coisas. 


Se você for, a possibilidade de não voltar é grande. Verá que lá fora há gente disponível, atraente, de todos os tipos e idades.


Recomeçar. Praticar o olho no olho para se fazer ser vista, circular com ares de poderosa, deixar um discreto perfume no ar, pisar forte e elegante de quem está com a sensibilidade (mulheres leiam sensualidade) a flor da pele.


Sempre associamos felicidade a ter um relacionamento. E é realmente muito bom. Mas só é bom enquanto existe paixão, que é o lado bom da relação.

Saber que a fila pode andar, também para você, é só um toque, um alerta para prestar atenção em quem está ao seu lado. Ou um dia ela irá embora.




E você sabe como identificar quando a fila já andou? 
_Quando ele ou ela percebe que existe vida além do relacionamento.

Retribua com atitudes, gestos e palavras no mesmo tom, na mesma intensidade que recebe e tudo estará zerado.




Como identificar se a fila já andou?


- quando quem o/a faz sorrir não é (mais) você.


- quando ele(a) sente necessidade de ficar só porque precisa pensar ou está preocupado(a).


- quando você já o/a viu com outra/o e continua pensando que é só mais um divertimento passageiro.


- quando já não é mais importante as satisfações dadas, de tantas inverdades ditas.


- quando é melhor cada um fazer sozinho os programas que gosta.

-quando você sabe que a qualquer hora vai ouvir a frase "estou sentindo-me sufocado(a).

- quando sexo é uma satisfação física e não tesão.

- quando na hora de dormir, no sentido literal da palavra, dormir abraçado incomoda.

- quando o companheirismo é o que importa.

- quando o pensamento é de que não dá para jogar fora tantos anos juntos.


Em posts sobre estes assuntos ou em caso de dúvida é sempre bom ler também:

3 comentários:

  1. A minha fila não anda porque não quero e estou super satisfeita por isso rsrsrsr
    Sabe que usam a expressão até nas Amizades?
    Pois é, a fila precisa andar em determinados casos ...............
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jô, há casos em que a fila anda de mãos dadas, aí é bom. rsrs beijos

      Excluir
  2. Oi, Raquel!
    A fila está sempre andando, seja pra que lado for. A maturidade nos faz reconhecer isso. O interessante é que a tal fila pode estar paralela à de quem gostamos, por isso a impressão de que está parada.
    Beijão

    ResponderExcluir