quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

Não é História de Sucesso, É de Fazer - ANA e OCTÁVIO


Se por distúrbio hormonal ou comilança, ninguém engorda 10, 20...ou 60 kgs porque quer.
Mas só emagrece quem quer. Isto é uma grande verdade.

Não importa o meio escolhido e sim o resultado obtido. Há meios e meios e não entro no mérito da questão.

Não quero aqui mostrar mais uma história de superação, de determinação, de força de vontade ou de sucesso, como tantas outras que cada um de nós conhece.

Quero mostrar uma história real.

Uma história de pessoas que sempre foram felizes, gordas ou magras. Que enquanto viveram dentro desta realidade, não se esconderam das fotografias e não se consideram melhores ou piores do que ninguém, antes ou depois.

Quero simplesmente mostrar a conquista do peso ideal, e não do peso "tchjipo modelo", de Octavio (-40 kgs) e Ana Claudia (-68 kgs).

De pessoas que como todos os normais, sentem fome (muita fome), sentem cheiro, sentem vontade, sofrem, choram, riem, trabalham, viajam, economizam dinheiro (tem meses que sobra, outros que falta), que tiveram perdas, que moram nos EUA com todos os ônus e bônus, que sentem sono e preguiça, cansaço, gostam de doces, de uma gelada, e de cachorros, que passaram anos e anos sem sentir necessidade de emagrecer e nunca tiveram a fantasia de que seria fácil.

Foram três anos, motivados pela aproximação com pessoas ligadas à atividade esportiva, sem abandonar a convivência dos amigos gordos ou magros que sempre fizeram parte do seu dia a dia. Continuam gostando cada vez mais de #gordices, porém em dias próprios para isso.

*Ao comparar as fotos, comparem também as expressões e sorrisos. Todas tem o mesmo brilho.


Ainda não consegui definir quem colocou quem no caminho do emagrecimento. Mas o que importa? Importa Juntos...
Só sei que hoje, um corre atrás do outro, em busca de realizações e competindo por índices de realização pessoal e possíveis, reconhecendo suas diferenças e potencialidades.



Ana Claudia fez os 42K da Marathon Disney-2015 e Octavio fez 10 K.

Quem tem mais mérito?
Quem tem mais capacidade?
Quem é o melhor?

Minha resposta é a que Ana Claudia me deu, quando eu lhe disse, que havia feito 5K em 45min, alternando caminhada com corrida (muito) leve:

_ Foi muito mais rápido do que aquele que ainda nem começou.

Ana Claudia tem seus 40 (belos) anos. Eu tenho os meus 60 (maravilhosos) anos. Respeite a realidade de cada um, as individualidades, as dores, as dificuldades, as potencialidades, a idade, as habilidades, as disponibilidades, só não respeite a falta de vontade em você mesma(o) para qualquer atividade física.

O cuidado com alimentação, virá consequentemente com esta mudança de atitude. Isto se transformará numa necessidade natural. Tenha certeza disso.

Meu achismo, diz que é mais eficiente se preocupar primeiro em fazer atividade física do que por cuidar da alimentação. A segunda irá de encontro à primeira espontaneamente, querendo você ou não.

Não deixe para sentir falta desse (e de outros) bem estar, quando não houver mais tempo de começar ou recomeçar.


Todas as fotos foram feitas na Disney, nos mesmos locais de outras feitas tres anos anos. São fotos de Ana e Octávio se expondo ao que chamamos o antes e o depois.

Nenhum comentário:

Postar um comentário