sexta-feira, 13 de julho de 2018

O SuperLinda pelo mundo - Grand Canyon e Hoove Dam -


Chrystian com a camiseta do blog no Grand Canyon
Fotos Chrystian Ilg/Instagram @pics_by_chrys

Ir à Las Vegas, nos Estados Unidos, é enxergar o glamour plantado propositadamente para fazer uma cidade brilhar. Dos gigantescos hotéis, cada qual com um cassino maior do que o outro, da ”Torre Eiffel" do Hotel Paris ou a "Veneza" em hotel temático, tudo é grandioso.

Se a cidade é extraordinária as redondezas são mais ainda. A sua volta está o  Grand Canyon e a Hoover Dam. Sendo o primeiro uma das sete maravilhas naturais da Terra. 

E hoje é Chrystian Ilg, publicitário, fotógrafo por e da natureza, quem leva o SuperLinda pelo mundo afora. Em recente viagem à Las Vegas, ele foi visitar o Grand Canyon e a Hoover Dam e traz para os leitores do blog a sua visão pessoal.

Para Chrystian, quem vai para Vegas com a proposta de diversão e entretenimento, em busca de shows e cassinos encontrará uma quantidade quase que infinita de opção. "Não há necessidade de sair, um quilômetro sequer, da cidade para encontrar com o que se distrair". 

Porém, se você é uma pessoa que gosta de natureza, vale a pena conhecer o Grand Canyon. Neste caso, diz Chrys a visita "se torna indispensável". A própria represa, completa ele, embora seja uma obra de engenharia é rodeada pela natureza.

O passeio à Hoover Dam pode ser feito no estilo bate e volta. É possível percorrer todo o trajeto, que leva em torno de 45 minutos, pela autoestrada. "Uma viagem tranquila e a entrada é franca, o que faz da visita um programa de custo baixo" explica o publicitário. 

Vista panorâmica do Grand Canyon
Foto natureza pôr do sol
Foto natureza pedras
Foto panorâmica Grand Canyon pôr do sol
Quanto ao Grand Canyon, ele aconselha dar um tempo mais longo para este destino porque a distância é bem maior. "Há a possibilidade de translado de ônibus e, melhor ainda, havendo condições, pelo valor significativo que é, existe um serviço de helicóptero que pousa no centro do Canyon, bem próximo do rio Colorado. "Neste caso",  completa Chrys sorrindo: "dá para ir e voltar no mesmo dia".
 

Outra boa opção é ir de carro. No local há espaço próprio para camping, trilhas monitoradas de 3 a 4 horas de  percurso, e também, os micro-ônibus que levam os turistas pelo circuito interno, com 9 paradas para quem quer descer e olhar tudo de perto.
 

O tempo de visita, ao Grand Canyon, depende do interesse individual das pessoas. Chrys fez em dois dias pois "meu interesse maior era fotografar" e completa "entrei pelo Estado de Nevada, que é o caminho de quem vem de Vegas. São quilômetros e quilômetros, uma grande extensão onde há muito o que ver". 

Chrystian mostra através de suas fotos a beleza exuberante das coloridas formações rochosas e os paredões construídos pelas águas do rio Colorado ao longo dos séculos. Tudo "tão bonito quanto eu esperava, talvez até mais". E dessa maneira muito básica, como ele próprio é, que Chrys descreve a visão surreal modelada pelos pincéis da natureza registradas pelas lentes da sua máquina. 

Mesmo que Hoover Dam saia dessa esfera de mundo feito a base do poder da história natural, ela não é menos fantástica. Esta é uma das maiores hidrelétricas já construídas pelo homem. A Hoover Dam, o Lago Mead, se constituí no maior reservatório dos Estados Unidos, criado para represar a água da barragem. 

O contraste entre o azul da água e as muralhas de cimento levantadas no rio Colorado, na divisa dos estados de Nevada e Arizona, torna insignificante se o espetáculo é resultado da ação do homem ou da natureza.

Chrystian Ilg amigo que faz do SuperLinda também um blog de viagem.


Chrystian com a camiseta do blog na Hoove Dam
Placa com as inscrições e informações da Hoover Dam
Vista panorâmica do lago de águas azuis e as paredes de concreto da represa
Foto panorâmica da ponte sobre a represa
Foto da água de cor verde do lado
Chrystian Ilg
Todas as fotos são de Chrystian Ilg e estão sujeitas a direitos autorais.



Nenhum comentário:

Postar um comentário