quinta-feira, 5 de novembro de 2015

DELTA DO TIGRE - ARGENTINA


"Em geografia, delta é a foz de um rio formada por vários canais ou braços de um leito do rio".

É possível passear pelo Delta do Tigre ou Delta do Paraná, na Argentina, saindo de Porto Madero em Buenos Aires pelo Rio da Prata. O percurso  é feito entre as ilhas, os braços que se formam como se fossem ruas de uma cidade, passando pelo rio Luján, até a cidade de Tigre. 

O Delta do Tigre está entre os maiores do mundo  e é um dos poucos deltas que não desagua no mar ou oceano. Toda a região tem 14 mil quilometros quadrados.

A parte continental de Tigre, tem esse nome pela quantidade de onças _que eram chamadas de tigre_ que lá habitavam. Embora este lado ofereça muitas atrações turísticas, o maior atrativo são mesmo as ilhas remotas e tranquilas do delta onde o acesso é feito exclusivamente por água.
Logo que nos afastamos de Buenos Aires começam as mudanças da paisagem e percebemos rotina dos moradores desta região.
O único meio de transporte ali é o de barco. Do mais luxuoso ao simples, àquele para prática esportiva, pequenos ou grandes para locomoção diária,  serviço e abastecimento.
Os recantos, as casas às margens do Rio Luján nos levam a viajar nos pensamentos. O mais difícil neste post foi selecionar as fotos para mostrar.
Como dizem os hermanos este é um lugar que nos "encanta".
Descrição detalhada das fotos para acesso do deficiente visual (para saber mais clique aqui)  Fotos do passeio feito pelo Delta do Tigre, mostrando as paisagens, os barcos como meio de transportes e as belas casas à beira do Rio Luján.

2 comentários: