domingo, 15 de novembro de 2015

TRAGÉDIA É TRAGÉDIA... ou NÃO????




Incompreensível a tragédia na França. 
Mas não vi, e se eu estiver errada me corrijam, o Palácio do Planalto em verde e amarelo pelas mortes em Mariana. 
Crime cometido por fanáticos em $$$$$ irresponsáveis, abonados com autorizações e licenças do governo.

Um crime mais do que anunciado _veja no link de Miriam Leitão, onde não se viu sangue, assim como na França, porque tudo foi coberto por "um mar de lama".

Sem a repercussão mundial da louca ação terrorista na famosa Paris, sobrevoar Mariana pôde esperar 7 dias, mas vestir o Brasil com a bandeira francesa, para o mundo ver, foi um ato imediato.

 _Eu desanimo...você não desanima não..???


"Falha tanto da Samarco quanto da Vale, que é controladora da Samarco, está há 70 anos fazendo mineração em Minas Gerais e deveria ter reforçado as ações de prevenção. E falha de quem concordou em renovar a licença da mineradora sem perceber esses problemas", afirma.

Sete dias depois da tragédia de Mariana (MG), quando um "mar de lama" destruiu um vilarejo, causou a morte de pelo menos seis pessoas e o desaparecimento de outras 19, a presidente Dilma Rouseff sobrevoa a região mineira e cidades do Espírito Santo nesta quinta-feira (12).

O governo federal anunciou que prepara verbas para que as cidades afetadas pela onda de lama e rejeitos seja abastecida com caminhões pipa ou novos poços artesianos.

4 comentários:

  1. é o fim...Hollande imediatamente mandou fechar todas as fronteiras e suspender os pedidos de asilo...dois dias após, já tem nomes e fotografias de vários envolvidos (nao diretamente) nos crimes...uma semana depois, qunto de dinheiro e bens das empresas foram bloqueados? quais diretores estao presos? quem haverá de querer tomar água de um poco artesiano? quem ainda nao morreu de fome ou sede? é muita irresponsabilidade, descúria e insensibilidade...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Silvia. Pelo que tenho lido, não há como recuperar o dano.

      Excluir
    2. Isso ainda nao se sabe, posto que empresas nao governamentais ainda nao concluiram um laudo; mas atitudes como as que citei acima, nao podem esperar e os sobreviventes e desalojados, precisam de um atendimento imediato...

      Excluir
  2. A dor é dupla: por ver a destruição da região e insensibilidade do governo .Infelizmente um país que caminha na contra mão

    ResponderExcluir