sexta-feira, 5 de julho de 2019

O Teatro Scala de Milão.


O SuperLinda num dos balcões do Scala de Milão com o palco nos fundos.
O Teatro Scala, em Milão, na Itália, é uma das mais famosas casas de ópera do mundo. Foi construído em 1776, por ordem da imperatriz austríaca Maria Tereza, depois que o antigo teatro foi destruído por um incêndio. Passados séculos de existência o Scala de Milão ainda detém o título do mais moderno teatro de ópera do mundo.

O lugar é referência na música clássica. Sua história artística conta sobre a passagem dos mais ilustres nomes, como Gioachino Rossini, Giuseppe Verdi e Arturo Toscani. Construído para reverberar sons continua a ser palco das maiores celebridades da ópera do século XX e XXI.

Tanto glamour, riqueza de detalhes no seu interior e a história contada através da visita ao Museo Teatrale só aguçam a vontade de descobrir os segredos e amores cantandos naquele palco.  Lá se apresentaram Maria Callas, a maior cantora lírica de todos os tempos, Luciano Pavarotti, assim como, Plácido Domingos, Montserrat Caballé, José Carreras e bailarinos como Margot Fonteyn e Rudolf Nureyev entre outros famosos.

No papel de turista, que seja, não deixei escapar a possibilidade de conhecer esse ambiente sofisticado trajado de veludo vermelho com detalhes em dourado. O luxuoso teatro, de iluminação grandiosa, lustres e decoração do século XVII é um espetáculo indescritível.

Bombardeado durante a Segunda Guerra Mundial, o Scala foi reconstruído em tempo recorde e reinaugurado em 1946.

Foto panorâmica do teatro, poltronas e balcões forrado em tecido da cor vermelha

Foto panorâmica com o palco, o fosso da orquestra e as poltronas.
Lustres de cristal na entrada do Teatro Scala

Sala do Museu do teatro Scala
Museu do Teatro Scala
Sala com quadros e esculturas do Museu do Teatro Scala
Sala do Museu do Teatro Scala


Seu blog dá acesso ao deficiente visual?    Fotos legendas para acessibilidade do deficiente visual.


Nenhum comentário:

Postar um comentário