segunda-feira, 21 de dezembro de 2020

A cultura dos filminhos de Natal - P2 - O beijo sob o visco

Card de fundo vermelho. No centro foto minha segurando, no alto da cabeça, um ramo de visco e jogando um beijo. No fundo uma árvore de Natal e um poster do Papai Noel na parede branca. Na parte de cima do card está escrito em letras brancas Feliz Natal, na parte de baixo "O beijo sob o visco" e o nome do blog SuperLinda.

A tradição é européia, mas está espalhada pelo mundo inteiro através dos filminhos de Natal. Diz a lenda que devemos pendurar um ramo de visco sobre uma viga ou vão da porta de casa durante o período natalino. Se duas pessoas passarem ao mesmo tempo debaixo do ramo devem trocar um beijo em sinal de amizade.

Isso trás sorte e acreditam que os casais que se beijam debaixo do visco vão ter o amor eterno de seu parceiro. Está é mais uma história que vem dos países escandinavos, mas especialmente da Inglaterra, onde esse ritual é visto como promessa de casamento, felicidade e longevidade.

Não se sabe ao certo como a tradição do beijo chegou à Inglaterra, mas já no século XVIII era bastante popular. Uma planta associada à vitalidade e à fertilidade desde os primórdios de nossa era. Algumas culturas antigas, como a grega e a romana, tinham o visco como planta medicinal que curava qualquer mal. Para os vikings do século VIII, ela tinha o poder de ressuscitar as pessoas.

Visco é um arbusto de região fria, também chamada Mistletoe. Suas flores nascem em forma de frutinhas vermelhas ou brancas, usadas como enfeite no Natal. Se é bom, se é magia,  porque não acreditar e praticar?

Feliz Natal do blog SuperLinda.


Link do Youtube - Uma propaganda da Coca Cola - Mistletoe



Legenda de foto para acesso do deficiente visual. #pracegover.  Arte de Leticia Rieper.

- Seu blog dá acesso ao deficiente visual?     

Nenhum comentário:

Postar um comentário