quarta-feira, 3 de julho de 2013

Em Espera...no Aeroporto


Vou simular uma conversa que você já deve ter ouvido milhares de vezes, algo parecido.

_Oi fulano, como foi de viagem?
_Estava ótimo, mas ficamos mais de dez horas, no aeroporto de Berlin, depois fomos para Londres e tivemos que esperar mais duas horas, "parados"  aeroporto pelo voo para Paris....

Não é pouco o que se houve de reclamação das pessoas pelas horas e horas que tem que passar no aeroporto quando viajam.

Muitas vezes ficam a lamentar-se durante muito mais tempo contando as agruras das horas passadas nos aeroportos do que com as boas lembranças e histórias da viagem.

Com excessão de cancelamento de vôo, atraso ou perda, que causam transtornos, geram expectativa negativas, passar o dia de aeroporto em aeroporto, para mim, já é estar viajando.

Se a expectativa de "vou ter de ficar cinco horas no aeroporto esperando para pegar o voo tal.."(seja lá para onde for), é muito problemático para você, imagine o que é ficar cinco horas numa fila do sus e não conseguir ser atendido.

Estar passeando e reclamando é o verdadeiro significado da expressão reclamando de barriga cheia .

Os que dizem que é chato, não tenho paciência, olhe ao seu redor e veja tudo o que tem a seu dispor num aeroporto.

Revista, restaurante, cafeteria, lojas, até sala para dormir já existe nos aeroportos, massagistas, salas vip, Wi-Fi, TV e pessoas para você olhar, ver, rir, comentar e admirar. 

Tudo pode ser muito distraído. 

Tenho uma amiga, que detesta passar muitas horas dentro de um avião. Ela faz parte do time dos não tenho paciência.

Morando na Europa, faz por opção, várias escalas de voo. 

Desembarca no aeroporto que escolhe de acordo com as conexões disponíveis, passa algumas horas em terra, anda, caminha, come e conforme sua sua prévia programação, segue o roteiro.

Na sua última viagem, ela saiu de Curitiba e foi a Recife. Lá ficou algumas horas, embarcou novamente seguindo até Lisboa. Repetiu o procedimento de desembarque, ficou mais algumas horas e partiu de Lisboa a Frankfurt. 
Simples assim, rsrsrs.

Isto eu nunca tinha ouvido ninguém dizer que gostava de fazer, mas serve bem para ilustrar, que ficar esperando no aeroporto, não é tão ruim assim.

Meu último e definitivo argumento é que, se eu  estou num aeroporto é para viajar. E naturalmente  estou falando de viagem de férias, passeio e lazer. Se ali não estivesse, estaria sentada numa escrivaninha trabalhando e fazendo um expediente de sete horas corridas, que muitos dizem ser meio expediente ou que só trabalho de tarde.

Porque eu não ficaria sete horas num aeroporto ou num avião?

Viajar é muito bom a partir, inclusive, do aeroporto.


4 comentários:

  1. Gostei do texto, em especial pq dá uma alfinetada nos "se dizentes" sem paciencia. Quero apenas corrigir que minha opcao em fazer baldeamentos, nao é bem por falta de paciencia, mas pela claustrofobia que me acometem as 12 horas dentro de um aviao. E mais, meu destino é Düsseldorf, com mais um trecho de trem até Dortmund. Agora torco para que o grupo que pretende implantar uma companhia aérea ligando o Brasil com o norte da África, obtenha rapidamente a autorizacao. É uma variante para meus voos pinga-pinga...

    ResponderExcluir
  2. Concordo plenamente com vc!
    Tem gente que reclama demais... melhor nem ir então, não é?
    Acho que em todos os lugares, menos em casos de doenças, há coisas interessantes pra se ver, discutir, fotografar. Por que não?

    Ótimo texto
    Vim agradecer sua visita ao meu blog. É bem-vinda!

    ResponderExcluir