quarta-feira, 19 de março de 2014

Assisti o filme "Um Divã Para Dois "



*Descrição detalhada das fotos para acesso do deficiente visual.





Link da Imagem
                                            Imagem do poster de divulgação do filme com a foto de Meryl Streep


Kay (MStreep) e Arnold (Tommy Lee Jones) casados há 30 anos estão com o relacionamento estabilizado na zona do cada um para o seu lado. 

Carentes, sem afeto e sem sexo.

Personagem representados por atores sem cirurgia plástica e sem silicione nos seios, bem ao estilo gente como a gente.

Na tentativa da recuperação de um (o seu) casamento de verdade, ela procura ajuda com o terapeuta Dr Feld (Steve Carrell).

É um drama/comédia e a perfeita atuação dos atores, mostrando personagens travados e muito verdadeiros nos provocam algumas risadas.

Tema mostrando um casal de classe média que com o passar dos tempos vai de distanciando da relação de carinho, sexo e risos. Passam a conviver paralelamente dentro de uma mesma  casa, dormem em quartos separados achando que casamento é assim mesmo.

Uma realidade nua e crua de muitos casais.

Buscar ajuda é uma atitude de mulher. Homens jamais procuram por este tipo de socorro.

Para muitos homens e não podemos mais excluir as mulheres desta estatística, ainda é muito mais confortável suprir as carências com outras relações mais momentâneas. 

Lhes parece mais rápido e eficiente. 

A paixão deixa de existir, quando você deixa de amar e o desejo de sexo, quando você deixa de praticá-lo.

Quando a mulher diz que "gosta" do seu parceiro porque ele é bonzinho....danou-se. A recíproca é verdadeira.

Mas isso só acontece com quem deixa acontecer ou quer que aconteça. 

É preciso cuidado, vigilância com o seu carinho e atitude. 

...Dá um trabalho...!!!!!

Isto é provado quando o casal Kay e Arnold, após insistentes exercícios de toque, voltam a sentir prazer na relação, no sexo e na vida.









3 comentários:

  1. Raquel

    Deve ser um lindo filme, vou atrás dele para assistir! Adoro filmes assim que me faz refletir sobre alguma situação.

    Bjokas, Sheyla.

    ResponderExcluir
  2. O filme é muito bom, melhor é excelente. A atuação de Meryl Strepp é fenomenal e Tommy Lee Jones fazendo uma comédia romântica está fenomenal. Eu também recomendo.

    ResponderExcluir