sábado, 28 de fevereiro de 2015

BBB X SEXO



Programa chato, repetitivo na fala dos competidores, nas atitudes dos participantes, nas piadinhas do apresentador, nas brigas, nas atitudes ditas autênticas entre eles.

São 60 dias de onde não sai uma palavra sequer com algum significado ou proveito.

Olhar pessoas lindas, bundas, peitos, abdômen sarados, quem não gosta? Eu gosto. Acho bonito, faz bem aos olhos.

Sexo? Ôpaaa.. Existe até uma propaganda na televisão que diz "sexo é vida".

Mas ver uma das maiores redes de televisão do mundo, reconhecida por inúmeros prêmios internacionais, colocar na sua grade, um programa para atiçar, permitir e exibir a prática do sexo, transcende o meu entendimento sobre limites de comportamento e moral.

A justificativa de ser transmitido no dito horário para adultos e que a opção por assistir, é minha ou sua, não é a questão.
O público alvo não é o da minha faixa etária, e sim os jovens. O que faz com que passe a ser muito mais perigoso.

Campanhas de sexo seguro? Para quê? 
_Se Talita obriga Rafael a transar sem camisinha? 

Convenhamos que o risco de uma gravidez pode ser dos males o menor

*Quanto a responsabilidade do homem e da mulher sobre uma gravidez, sem me estender no assunto, tenho uma versão meio machista, confesso. Cabe aos dois pela participação no ato sexual, mas só à mulher é permitido se deixar ou não engravidar. Não dou a nós o direito de dizer que foi sem querer.  Não há homem que consiga engravidar uma mulher, sem que ela permita. Exceto casos de agressão. mas este também não é o motivo deste post.

Muito mais preocupante, me parece, são as doenças sexualmente transmissíveis.

E onde está a preocupação com o turismo sexual, tráfico de mulheres e a prostituição? 

Onde está a responsabilidade do veículo de comunicação que assim como faz campanha de solidariedade para criança, mostra cenas de sexo na piscina entre adultos. 

Cenas que se não são vistas ao vivo, são veiculadas abertamente nas redes sociais.

Como não fazer os que buscam o prazer sexual por estes caminhos, não se sentirem incentivados à fazer festas com as brasileiras.

Esta é a calçada da fama, o tapete vermelho que leva à glória, ao mundo dos jet set internacional e a prostituição.

Se as autoridades fecham os olhos, os patrocinadores enriquecem e a Globo goza, opsss gosta, me admiro de você mulher brasileira que se dá à esse desfrute.


Nenhum comentário:

Postar um comentário