sexta-feira, 19 de fevereiro de 2016

E AGORA FIDEL?



Do twitter de Obama: "No próximo mês, viajarei a Cuba para avançar nosso progresso e nossos esforços que possam melhorar a vida do povo cubano".


Raul Castro não deu conta de manter Cuba no isolamento ou podemos dizer que ele é mais inteligente do que seu irmão Fidel reconhecendo o caos econômico e social do regime socialista de seu país?

Todas as análises dos especialistas indicam o interesse do país capitalista sobre a ilha. Certamente. Não podia ser diferente. 

Uma amiga que visitou Cuba e voltou encantada com a admiração que os cubanos têm pelos irmãos Castro. Da mesma forma digo: Certamente. Não podia ser diferente.

Os cubanos não vivem na miséria. Eles ganham comida racionada, estudo dirigido e não sofrem com a realidade, alienados pela falta de informação. Sem alternativa e termos de comparação, eu também pensaria assim.

Ganham tudo. Escola, transporte, tratamento de saúde, só não ganham a liberdade de ir e vir muito menos a liberdade de pensamento.

Falam da qualidade da medicina, mas não tenho conhecimento de nenhum país considerado de primeiro mundo que tenha feito acordo +médicos com eles. A medicina cubana é de excelência? A nossa e a de muitos outros países também. Os cubanos vêm para o Brasil porque são obrigados. Se aqui nossos médicos se negam a trabalhar por falta de condições de trabalho, lá nem trabalho eles têm.

No esporte a decadência é sentida por qualquer expectador menos informado. Escreva no Google "decadência do esporte em Cuba" e leia sobre o assunto em qualquer modalidade. 

Um importante potencial a fazer deste país um dos mais visitados das Américas é o turismo. E disto também os americanos serão responsáveis. Levarão para lá muitos dólares em investimentos ou como turistas.

Hoje, quem visita Cuba volta deslumbrado com a beleza natural do país e conta que os olhos dos cubanos brilham, como qualquer ser normal, quando sentem uma verdinha na mão.

Adoram o socialismo recheado de dólares, assim como os Castro. Lutaram e morreram na praia. Sucumbiram aos americanos, nem por isso precisam perder a sua identidade.
Parabéns cubanos! Agradeçam à Raul. 
Vocês estão salvos sem os ricos da travessia.


Do Twitter de
Yusnaby Pérez ‏@Yusnaby  
No es Palestina, es después de 56 años con una revolución cíclica destructiva.


Não dá para confundir construção em estilo rústico com abandonada.

2 comentários:

  1. Visitei Cuba em 1995 , não que ela me fascinava mas acompanhando umas amigas . Confesso que fiquei horrorizado , não com o país , mas com a condição de vida de seus habitantes . Em função do embargo lhes faltava tudo . A nossa guia para levar uma garrafa de coca cola para a filha teve que nos pedir permissão e nós tivemos que informar o gerente do restaurante que ela poderia levar . Nas estradas agricultores vendiam sacas de limões a preço de banana para sobreviverem , o centro de Havana com sua arquitetura belíssima todo destruído . O QUE SOBRAVA ? Hotéis maravilhosos , geralmente de cias espanholas com infra estrutura de primeiro mundo , comida barata , lagosta parecia sardinha , música boa , povo acolhedor , mas voltei com a sensação de que aquele povo não amava seu governante , eles eram obrigados a ama -lo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "obrigados a ama-lo". Exatamente isso, Helinho.

      Excluir