sexta-feira, 13 de maio de 2016

AMSTERDAM TEM MUITO PARA ENSINAR


    
AMSTERDAM é a capital e a cidade mais populosa do Reino dos Países Baixos. O seu estatuto de capital holandesa é garantido pela Constituição dos Países Baixos, embora não seja a sede do governo holandês, que fica em HAIA, 56 km ao sul.

Todo o país tem 2 bicicletas para cada habitante. O problema no trânsito não são os carros ou os pedestres e sim as bicicletas. Foto de um estacionamento para bicicletas. Aqui a preferencial é delas.

Casas flutuantes.
O que antes era moradia para a população de baixa renda, hoje são residências de luxo e conforto, com toda infraestrutura e custam em torno 
euros. Em tempos de verão os donos sentam e recebem amigos na varanda.

     
     
     

Rembrandt
Mas é a vida em Amsterdam o que mais é valorizada. A vida das pessoas, da sua cultura, do seu patrimônio.
O naturismo, casamento gay _há muito tempo_ uso de drogas, eutanásia, aborto e a prostituição tudo é liberado na Holanda. E, é essa cultura extremamente liberada, que preserva não só as obras de arte de seus famosos pintores, como também, as suas moradias.
A última casa que Rembrandt morou, nos idos de 1660, ainda se mantém de pé, habitada e conservada até hoje.

                       
Os moinhos, imagem que identifica a Holanda, servem de moradia para quem trabalha na zona rural como o da foto. Transformado em atração turística esse moinho ainda serve para o trabalho e casa para seus donos.
                      

Nenhum comentário:

Postar um comentário