terça-feira, 15 de outubro de 2013

Mila Ramos - Minha Mãe-Poeta





                                               Foto da capa do livro de Mila Ramos "Maria-sem-vergonha" 2001 - ilustração fotográfica de Rui Arsego.


Dom é dote natural, talento, prenda, capacidade, habilitação especial para. 

Aptidão é a capacidade natural ou adquirida para realizar qualquer coisa.

São palavras de significados similares, mas pessoalmente não concordo com isso.

Penso que Dom é algo que tem quem nasce com ele. Se você não nasceu com um dom...esqueça.

Aptidão sim, estudando ou exercitando você pode desenvolver.

O meu achismo diz que, para ser uma boa professora, você pode estudar e desenvolver esta aptidão.

Para ser uma poeta, ou você nasce com o dom ou ele não existe, nem será desenvolvido. 

Você pode estudar, para escrever corretamente, para pontuar com perfeição, para aprender a fazer rimas, especializar-se na técnica de prosa ou verso, mas poetizar você não consegue aprender. 

A beleza da poesia está no seu sentimento, na sua sensibilidade e isto não há doutorado que ensine.

Nesta BC de fotos EDUCAÇÃO - homenageando livros e professores, trago um exemplo da minha casa.

Aqui reina o dom e a aptidão em uma única pessoa. 

MILA RAMOS - professora - poeta - livros. 



                                             
Mila Ramos a minha mãe-poeta.

De origem humilde, desde cedo viu sua mãe trabalhar para o sustentar a família, em razão da morte prematura de seu pai.


                                     

                                    Foto da capa do livro de Mila Ramos "Joinville - Flores, festas e trabalho".

Estudante das melhores notas da sala de aula, na adolescência foi estudar em colégio interno, até se formar no que hoje corresponde ao segundo grau.

Casou, teve filhos e sempre trabalhou como professora. 


                                                  Foto da capa do livro "Em Surdina" - 1997

Com os filhos adolescentes, conseguiu formar-se na faculdade de Letras e tornar-se professora de curso superior.

Estudou muito, mas sua poesia não apareceu só depois de seus estudos da faculdade. Muito antes disso ela já escrevia seus poemas e os guardava na gaveta.


                                       Foto da capa do livro de Mila Ramos "Terra Nossa de Cada Dia" 1989.


Seus livros demoraram muito a ser lançados. Por timidez ou insegurança, não por falta de talento.

Mila Ramos a professora que tem o dom de ser poeta e o seria com ou sem estudo. 

Outros livros de Mila Ramos através do blog www.milaramos.com 




                                       


10 comentários:

  1. Nossa, que linda a história de sua mae. Ser sensível à poesia realmente nao há escola que ensine. Bem dito!

    ResponderExcluir
  2. Olá Raquel,
    Parabéns para mestra, mãe e poeta Mila Ramos!
    Bjs.

    ResponderExcluir
  3. Super lindo o post da super linda.
    Um super beijo

    ResponderExcluir
  4. Minhas homenagens e meus parabéns...Conheco pouco da obra, mas o pouco já mostrou o valor...

    ResponderExcluir
  5. Concordo com tudo que voce postou aqui.... e parabens pela Mãe tão talentosa.
    Um beijo,

    Blog da Gullo

    ResponderExcluir
  6. Que legal!!!! Parabéns pra sua mãe! Parabéns pra você por ter uma mãe tão especial!

    Bjos e bençãos.
    Mirys

    http://diariodos3mosqueteiros.blogspot.com.br/2013/10/quanto-mais-voce-se-envolve-melhor-para.html

    ResponderExcluir
  7. Lindíssima de sua mãe! Estou recebendo mil graças por teu post..
    Uma mãe vaidosa por sua filhota. Beijo.

    ResponderExcluir
  8. Parabéns à mãe maravilhosa que tens e a você por essa linda homenagem.
    Bjs

    ResponderExcluir
  9. Que máximo!!! Parabéns para tua mãe. Lindo post!!! Abs.

    ResponderExcluir
  10. Maximo Raquel. Sua mãe, Mila, é com certeza uma linda pessoa. Bjosss

    ResponderExcluir