domingo, 6 de outubro de 2013

Uma Reverência ao IPÊ AMARELO



Aproveitando a linda fase dos Ipês, volto ao assunto.

Chamou-me a atenção a quantidade de compartilhamentos que amigos joinvilenses do FB deram a uma foto de vários Ipês Amarelos publicadas por  Berenice de Oliveira Dugaich.

Isto prova o gosto e a sensibilidade que temos por esta árvore tão bela e de florada tão rápida.

Fui atrás da minha foto de Ipê e publiquei como "Foto Para Cartão Postal"

Além de todas as curtidas e visualizações, destaco o comentário de Luallesi

Primeiro pela sensibilidade de lembrar da beleza destas flores quando caem no chão. 

Segundo a sensibilidade transmitidas nas palavras do gari.

"Aqui no interior do Paraná também costumam florir as ruas… por enquanto estão tímidos, mas logo devem estar bem floridos. É muito lindo…sem contar que passear pela rua quando ela está cheia de flores no chão é quase mágico…é trabalhoso pro povo que varre, claro. Mas uma vez perguntei e o gari disse "ruim é varrer lixo dona, flor até alegra a gente":)"


Por tudo isso, saí para fotografar os verdadeiros tapetes naturais que se formam quando essas flores caem.

SÃO   B E L Í S S I M O S!

Estas fotos feitas apenas na quadra da rua em que moro.


   Foto de um Ipê amarelo com suas flores caídas no chão.



                Outra foto de um Ipê amarelo com suas flores caídas na chão.


Quando transitamos pelas calçadas e ruas é comum ver as pessoas desviarem evitando passar por cima das flores.

É uma atitude, quase que de reverência à beleza do Ipê Amarelo.

Porém, com tantos lugares para estacionar o seu carro, nem todos se importam de passar por cima delas.

Sensibilidade é como um sentimento, cada um tem mais ou menos para com as belezas da natureza.


                    Foto de um Ipê amarelo com suas flores caídas no chão e um carro estacionado em cima das flores.





Um comentário:

  1. Oi, Raquel. Aqui pela minha BH os ipês estão imperando também. Cada cor mais linda. Numa avenida perto da minha casa há uma fileira dos cor de rosa, uma beleza sem fim.
    Realmente, as folhas enfeitando o chão têm que ser apreciadas também, mas pisar é quase inevitável. rs
    Beijo e boa semana.

    ResponderExcluir