sexta-feira, 11 de outubro de 2013

Vida De Gordo Não É Fofa




*Descrição detalhada das fotos para acesso do deficiente visual (para saber mais clique aqui)




Foto de duas fotos minhas, onde numa estou com o peso máximo que já tive, (89 kgs) e na outra mais atual com peso de 79 kgs.






Este é o primeiro post que faço para o grupo O Nada Fofo Mundo dos Gordos, a convite de Luallessi do Blog Pitacos de Lua.



Vida de Gordo Não é Fofa é o título do primeiro post feito por Luallessi, que eu assumi também como título deste post feito pelo Blog SuperLinda. É um post de apresentação, para que conheçam a minha realidade. 
Muitas outras idéias já rondaram minha mente "gorda" e irei publicando aos poucos.

Vida De Gordo Não é Fofa.

Não é mesmo. É cheia de frustações, fome, desejos e água na boca.

Mas eu, a Raquel sou gorda? 

Tenho 1,68 e hoje peso 74,000 kgs. Digo hoje, porque gordo a cada dia tem um peso diferente e na maioria das vezes é para cima.

Já pesei 89 kg (aliviada por não ter que dizer 90 kg), quando grávida e mais recentemente no período de adaptação com as mudanças hormonais. 

Não importa se por gosto ou por desgosto, se na alegria ou na tristeza, com motivo ou sem motivo, o gordo, engorda.

A gordura não te compreende, ela te engorda.

Eu, a Raquel, cuido da comida, faço musculação duas vezes por semana, corrida também duas vezes por semana, e pilates uma vez por semana. Atualmente tenho 10 kgs acima do peso, mas já foram 25 kgs.

Não quero nada além do que beira a normalidade. Estou falando de 10 kgs a mais, conforme a tabela ideal de peso, medida e idade e não do peso ideal para ser modelo ou rainha de bateria. Essa pretensão, eu não tenho mais. (risos).

Quando este é o assunto de conversa numa roda, ouço dizerem: ... mas você não é gorda.

Como assim não sou gorda? 

Gordo não é só aquele que chega à obesidade, gordo é todo aquele que luta contra um ponteiro de balança como quem luta com um leão.

Não estou falando das pessoas que sempre querem ter dois ou três quilos a menos, estou falando de pessoas que como eu tem excesso de peso significativo. 

De pessoas que mesmo já tendo chegado ao peso ideal, sabem que sua células gordurosas estão ali na espreita de um escorregão seu, para lançarem-se na balança novamente.

Conviver diariamente com o seu peso gordo não é fofo, não. É pesado.


5 comentários:

  1. Raquel obrigada por compartilhar da ideia de que a vida de gordo não é fofa...

    Pois é, olhando suas fotos eu também diria, como vc citou que falam, 'mas vc não é gorda'.
    Claro que isso vem da minha visão de gordo, muito dela refletida no espelho, mas lendo seu post vc explicou bem essa questão...
    E sim, há muitos níveis de obesidade e hoje ela parece cada vez menor aos olhos do mundo. É quase uma paranoia; as pessoas engordam 5 quilos e querem vender a alma pra perder 12 rs

    Mas como dizem 'tamo junto' (infelizmente não pra fazer musculação duas vezes por semana, corrida também duas vezes por semana e pilates uma vez por semana - mas existe sempre a esperança :)

    ResponderExcluir
  2. Concordo em todas as letras! Realmente Raquel, sou bem assim como você Apesar de ter conseguido emagrecer, eu luto diariamente contra a balança, pois para engordar é fácil, fácil. Como você disse, as células de gordura estão toda ali, só esperando um deslize.
    Sigo na luta, sempre. E acho que pela vida toda. Às vezes mais pesada, às vezes mais leve. No momento estou animada com atividade física, mas tem épocas que estou mais desanimada. Mas o que acho mais importante, é o não descuidar sempre. E hoje, me permito várias gordices, mas, na maioria das vezes com moderação...
    Beijo e ótima semana

    ResponderExcluir
  3. Ai Raquel! Vergonha de admitir, mas eu nunca fiz academia ou uma atividade física constante! Porém eu me movimento, faço muita coisa a pé ou de bicicleta, mas esporte/ginástica regulamente, nunca :-(. Tenho sorte por ter uma genética magra (sei lá até quando, rs...), mas me preocupo em comer alimentos saudáveis. Eu não engordei, mas o corpo da gente com a idade muda, espero continuar não precisando fazer dieta :-).

    ResponderExcluir
  4. É muito difícil. Eu bem sei. Parabéns pelo post!

    ResponderExcluir
  5. texto ótimo, proposta idem, amei e vou compartilhar!

    ResponderExcluir