domingo, 6 de março de 2016

A SEMANA EM QUE LULA PERDEU


Link da página da foto

O maior acontecimento da semana foi a condução coercitiva que levou o ex presidente Lula à depor na Operação Lava Jato, sob suspeita de corrupção, o mau explicado assunto do triplex e do sítio em Atibaia.

Motivo de euforia para uns e perda do equilíbrio de outros.

Penso que foi um dos fatos mais importantes ocorridos no Brasil nos últimos 20 anos. Importância, não só de efeito moral para todo trabalhador brasileiro, mas para mostrar que existe lei neste país.

Um ato que nos deu segurança. 

Holofotes neles sim. Em Moro, na Polícia Federal e principalmente naquele que desafia a justiça do Brasil. Mostrem quem, um dia, jurou em falso diante da Constituição Brasileira, com uma faixa presidencial na peito, que iria "manter, defender, observar as leis, promover o bem geral do brasileiro, sustentar a união, a integridade e a independência do Brasil".

É inaceitável que brasileiros se coloquem contra um ato de cumprimento da lei. Não quero ouvir como argumento, acusações contra FHC, Aécio Neves, ou de que só investigam o PT. Quero ouvir e ver provas da inocência de Lula.

Muito me admiro e me envergonho de você brasileiro, que rala atrás de emprego, de segurança, de educação, saúde, que faz greve por R$ 0,20 de no preço do transporte público e briga por universidade gratuita, defender essa corja que leva o seu dinheiro descaradamente. Você é partidário do quê?

Eu posso, no mínimo, afirmar que ganhei o fim da inflação com o plano real. E você, pessoa física, pai de família ganhou o quê nestes anos de governo petista? Aponte as melhorias ocorridas na sua vida. Não venha me falar de Petrobrás. Quero ouvir os ganhos que você obteve aí dentro da sua casa, sobre a sua mesa, na sua garagem, no banco escolar do seu filho, na sua conta bancária ou em qualidade de vida.

Não tenho nenhum motivo para estar feliz. Meu sentimento é de perda. Foram 20 anos de vida jogados no lixo. Não se enriquece sem estrutura, sem trabalho, sem moral e sem caráter. 
Lula vai se ferrando e eu lavando a alma.

Um comentário:

  1. Excelente!
    Eu também passou pelos desenfreados planos. Pela falta de alimentos na prateleira de supermercados. Passei pela URV, chegando ao Real, com valorizado e estável. Além é claro, dos cálculos contábeis, seus lançados, em numerários, serem lançados dentro da coluna sem precisar ultrapassá-la. Muitos sabem do que eu estou falando.

    ResponderExcluir