terça-feira, 4 de julho de 2017

O Lago dos Cisnes





Ficção é a história do príncipe Siegfried, que se apaixona por Odette, uma rainha transformada em um cisne. Odette explica ao Príncipe que permanecerá assim como uma criatura estranha, até ser resgatada por um homem que lhe jure amor eterno.

Essa pode ser uma mensagem simbólica de que todas as pessoas precisam de um amor para ser feliz. Parece real a idéia que somos "criaturas estranhas" enquanto não encontramos quem nos faça sorrir e desse modo despertar a beleza que há em nosso interior.

Mas, voltando ao Lago dos Cisnes, este sim é real.  Alegam ter servido de inspiração para Tchaikovski compor a sua obra com o mesmo nome.

Ninguém fala do Lago dos Cisnes sem citar o Mosteiro de Novodévitchy que aparece refletido no espelho d'agua. Nesse mosteiro, de 1524, a princesa Sophia, meia-irmã de Pedro, o Grande, ficou enclausurada por determinação do czar, nos últimos dezesseis anos de sua vida, por tentar matá-lo para permanecer no poder.

Mais um exemplo de que em uma viagem podemos não entender tudo o que ouvimos, nada do que lemos, mas jamais esqueceremos o que vimos e principalmente do que sentimos.





As fotos postadas recebem descrição detalhada para acesso ao deficiente visual  1 - Foto do Lago dos Cisnes cedida do blog por Lucienne da Costa. 2 -  Foto noturna do Lago dos Cisnes - 3 Foto minha com o Lago dos Cisnes ao fundo, 4 - Link do Youtube com a obra de Tchaikoviski 

Nenhum comentário:

Postar um comentário