terça-feira, 19 de maio de 2015

MANUAL DOS AMANTES - Poemas de SILVIO GENRO


"Silvio Genro nasceu sob o signo de Aquário na lua nova do verão de 1965, em Uruguaiana/RS, Brasil.
Já foi um pouco de tudo na vida, desde artesão hippie, ator de palcos opacos, desenhista publicitário, artista plástico, músico bissexto de bar, interprete forçado e esforçado compositor nativista, professor de estudos sociais, contista de um livro só e..."meio metido a poeta", sempre!
Manual dos Amantes é o primeiro livro de poesias desse mascate da sua arte. Devorem-no, sem decifrá-lo!"
silvio_genro@yahoo.com.br
www.silviogenro.siteonline.com.br



Recebi este livro do amigo Silvio Genro pelas mãos de outro amigo, o também poeta Jusemar dos Anjos. Numa referência bem humorada bem ao estilo gaúcho, Jusemar me entregou o livro dizendo: "Este é o kama sutra campeiro".
Coisas de gaúchos que poetizam brincando.
Do que li escolhi dois para transcrever. 
Coincidentemente o primeiro e o último dos poemas. Deixo o recheio do livro em suspense para vocês. 



a somar(+)
do que somos (=)

Eis o teu amor e o meu:
-Nosso!

Cultivado
Com as sobras das horas,
Tecido
Com retalhos de ternura,
Adoçado
Com pedaços de alegria...
Temperado
Com restos de tempo,
Construído
Com cacos de carinho...

Eis o teu amor e o meu:
-Mesquinho!

Suado e Sonhado,
Rasgado e remendado,
Dividido e multiplicado...

Eis o teu amor e o meu:
-Somado!

Amor Teimoso,
Metade presença, metade saudade,
Um pouco de muito
Muito de um pouco...

Eis o teu amor e o meu:
-Louco!

Amor por partes:
Teu meio amor meu
Mais meu meio amor teu.
Meio mentiroso, meio verdadeiro...

Eis o teu amor e o meu:
-Inteiro!


                                                                                 (.) ponto final
   

                                                                                 Pensa comigo...
                                                                                 Quem somos nós pra dizer não
                                                                                 Quando a paixão nos diz que sim?
                                                                               
                                                                                 Sei que tenho meus defeitos,
                                                                                 Mas, quem não tem?
                                                                                 Tu tens também e eu te aceito!

                                                                                 Sozinho, ninguém é perfeito...
                                                                                 Juntos, somos a soma ideal...
                                                                                 Afinal,
                                                                                 Não temos outro jeito,
                                                                                 Fomos feitos um para o outro.
                                                                                 E pronto!

                                                                                 Ponto final!



                      Dedicatória no livro.

Descrição detalhada das fotos para acesso do deficiente visual (para saber mais clique aqui)  Foto 1 - Foto de Silvio Genro como capa do livro Manual dos Amantes. Foto 2 - Foto da dedicatória feito por Silvio Genro para Raquel.

2 comentários:

  1. amiga amei a matéria sobre este nobre romancista e poético de SILVIO GENRO VALEU ...

    ResponderExcluir